Inês Peixoto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Inês Peixoto
Nome completo Maria Inês de Castro Peixoto
Outros nomes Inês Peixoto
Nascimento 26 de agosto de 1960 (57 anos)
Belo Horizonte,  Minas Gerais
Ocupação Atriz
Atividade 1982–presente
IMDb: (inglês)

Inês Peixoto (Belo Horizonte, 26 de agosto de 1960) é uma atriz brasileira.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Em 1981, após uma rápida passagem pelo Teatro Universitário da UFMG, cursou teatro no Palácio das Artes, formando-se no ano seguinte. Em 1982, iniciou sua carreira profissional trabalhando com produtores mineiros como Márcio Machado e Alysson Vaz. Fez parte da Banda Veludo Cotelê, fundada em 1987. Ingressa no Grupo Galpão em 1992, após participar de um ciclo de oficinas com o grupo, que culminaria na montagem de Romeu e Julieta com direção de Gabriel Villela. Em seus poucos trabalhos da TV, destacou-se nas séries Hoje é Dia de Maria e A Cura, exibidas pela Rede Globo.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Novelas e Seriados
Ano Título Personagem
2001 A Paixão Segundo Ouro Prêto Maria Madalena
2005 Hoje É Dia de Maria Rosa
Hoje é Dia de Maria: Segunda Jornada Dona Boneca
2007 Toma Lá, Dá Cá Lurde
2010 A Cura Edelweiss
2014 A Teia Wanda
Meu Pedacinho de Chão Tereza Falcão (Dona Tê)
2015 Além do Tempo Salomé Pasqualino

Cinema[editar | editar código-fonte]

Filmes
Ano Título Personagem
2017 As Duas Irenes Neuza[2] [3]
Redemoinho Suzi [4]
2015 Quase Memória Mãe de Maria
Todas as Tardes Filha
2012 Entre Vales
Meu Pé de Laranja Lima Dona Cecília Pahim (professora)
2009 Moscou
2008 O Crime da Atriz
Os Filmes que Não Fiz Farsante
2007 Tricoteios
2006 5 Frações de Uma Quase História
Outono
2005 Vinho de Rosas Marília de Dirceu

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • 2013 - "Os Gigantes da Montanha"
  • 2011 - "Eclipse"
  • 2009 - " Till, a saga de um herói-torto "
  • 2007 - " Pequenos Milagres"
  • 2005- " Um Homem é um Homem"
  • 2002- O Inspetor Geral
  • 2000 - Um Trem Chamado Desejo
  • 1998 - " Partido"
  • 1997- " Um Molière Imaginário"
  • 1995 - A Rua da Amargura
  • 1992 - Romeu e Julieta
  • 1990 - Casablanca
  • 1987 - "Veludo Cotelê"
  • 1987 - No Cais do Corpo
  • 1985 - Foi Bom Meu Bem
  • 1983 - "Quando Fui Morto em Cuba"
  • 1983 - "Cigarras e Formigas"
  • 1982 - "Brasil, Mame-o ou Deixe-o"
  • 1982 - "A viagem do Barquinho"

Referências

  1. «INES PEIXOTO». Ego. Consultado em 30 de novembro de 2015. 
  2. «'As Duas Irenes', filme que venceu o Prêmio da Crítica em Gramado,fala de famílias mútliplas». Estadao. Consultado em 22 de dezembro de 2017. 
  3. «As Duas Irenes: Filme recebe quatro prêmios importantes no 45º Festival de Cinema de Gramado». Almanaque. Consultado em 22 de dezembro de 2017. 
  4. «Redemoinho». Globo Filmes. Consultado em 22 de dezembro de 2017. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]