Into the Labyrinth (álbum de Dead Can Dance)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde maio de 2013). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Into the Labyrinth
Álbum de estúdio de Dead Can Dance
Lançamento Setembro de 1993
Gravação em Quivvy Church, Irlanda
Gênero(s) world music
Duração 55:26
Formato(s) K7, CD
Gravadora(s) 4AD/Warner Bros.
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Dead Can Dance
Aion
(1990)
Spiritchaser
(1996)

Into the Labyrinth é o sexto álbum de estúdio da banda Dead Can Dance, lançado em Setembro de 1993, gravado em Quivvy Church, o estúdio pessoal de Brendan Perry na Irlanda.

A letra da última faixa, "How Fortunate the Man with None", provém de um poema de Bertolt Brecht, da peça Mãe Coragem e Seus Filhos.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "Yulunga (Spirit Dance)" – 6:56
  2. "The Ubiquitous Mr. Lovegrove" – 6:17
  3. "The Wind That Shakes the Barley" – 2:49
  4. "The Carnival Is Over" – 5:28
  5. "Ariadne" – 1:54
  6. "Saldek" – 1:07
  7. "Towards the Within" – 7:06
  8. "Tell Me About the Forest (You Once Called Home)" – 5:42
  9. "The Spider's Stratagem" – 6:42
  10. "Emmeleia" – 2:04
  11. "How Fortunate the Man with None" – 9:15

Notas

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Dead Can Dance é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.