Isa Mustafa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Isa Mustafa
Isa Mustafa
Primeiro-ministro do Cosovo
Período 12 de dezembro de 2014
a 9 de setembro de 2017
Antecessor Hashim Thaçi
Sucessor Ramush Haradinaj
Presidente da Câmara de Pristina
Período 14 de dezembro de 2007
a 26 de dezembro de 2013
Antecessor Ismet Beqiri
Sucessor Shpend Ahmeti
Ministro da Economia e Finanças da República do Cosovo
Período 11 de janeiro de 1991
a 11 de janeiro de 1999
Antecessor Cargo criado
Sucessor Cargo abolido
Dados pessoais
Nascimento 15 de maio de 1951 (68 anos)
Pristina, Jugoslávia
(hoje no Cosovo)
Alma mater Universidade de Pristina
Partido Liga Democrática do Cosovo
Religião Islão

Isa Mustafa (IPA[ɪˈsɑ mʉsˈtɑfä]; Pristina, Jugoslávia, 15 de maio de 1951) é um político do Kosovo, foi primeiro-ministro do República do Cosovo de dezembro de 2014 até setembro de 2017[nota 1] e líder da Liga Democrática do Cosovo (LDK). Foi anteriormente presidente da Câmara (prefeito em português brasileiro) de Pristina de dezembro de 2007 até dezembro de 2013.

Vida pré-política[editar | editar código-fonte]

Isa Mustafa nasceu em Pristina, na altura na República Federal Socialista da Jugoslávia (hoje em dia, no Cosovo), numa área conhecida em albanês como Prapashticë, a 15 de maio de 1951, de pais albaneses.[1] Terminou os seus estudos primários e secundários em Pristina, tendo se licenciado na Faculdade de Economia da Universidade de Pristina, onde terminou posteriormente um mestrado e um doutoramento (doutorado em português brasileiro).[1] Em 1974, iniciou o seu percurso profissional, como investigador na Universidade de Pristina.[1]

Carreira política[editar | editar código-fonte]

Isa Mustafa iniciou a sua carreira política na década de 1980, ao tornar-se chefe do governo municipal de Pristina, cargo que ocupou de 1984 a 1988.[1]

Nos anos 1990, com o colapso da Jugoslávia, Mustafa foi ministro da Economia e Finanças do governo da República do Cosovo, um governo no exílio, chefiado por Bujar Bukoshi.[1] Durante este período, foi emitido um mandado de captura jugoslavo, o qual não teve cariz internacional, sendo-lhe possível viver e trabalhar na Europa Ocidental. Mustafa não pediu estatuto de asilo político, para poder regressar ao Cosovo a qualquer momento, caso necessário.[1]

Depois do fim da Guerra do Cosovo em 1999, regressou ao território, mas regressou apenas à política em 2006 como alto-conselheiro político do Presidente do Cosovo na altura Fatmir Sejdiu.

Em dezembro de 2007, tornou-se, após eleições locais, presidente da Câmara de Pristina, derrotando o vice-presidente do Partido Democrático do Cosovo (PDK), e um dos ex-comandantes do Exército de Libertação do Cosovo (UÇK), Fatmir Limaj.[2] Seria presidente da Câmara de Pristina uma segunda vez, a partir de novembro de 2009.[2]

A 7 de novembro de 2010, tornou-se líder da Liga Democrática do Cosovo, derrotando Fatmir Sejdiu nas eleições para a liderança partidária, com 235 votos contra 124.[3]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Isa Mustafa é casado e tem dois filhos e uma filha.[1]

Notas[editar | editar código-fonte]

Este artigo foi traduzido, a 11 de dezembro de 2014, do seu equivalente na Wikipédia anglófona.
  1. O Cosovo é alvo de uma disputa territorial entre a República da Sérvia e a República do Cosovo. Esta última declarou a sua independência a 17 de fevereiro de 2008, mas a Sérvia continua a reivindicar o território como parte do seu. A independência do Cosovo foi já reconhecida por 108 dos 193 Estados-membros das Nações Unidas.

Referências

  1. a b c d e f g «Biografia» (em albanês). isamustafa.info. Consultado em 7 de novembro de 2010. Arquivado do original em 21 de julho de 2011 
  2. a b «Local Election in Kosovo: Independence accomplished — New goals ahead for Kosovo» (em inglês). World Security Network. 28 de outubro de 2009. Consultado em 7 de novembro de 2010. Arquivado do original em 16 de julho de 2011 
  3. «Mustafa: Nuk i kam blerë votat» (em albanês). Gazeta Express. 7 de novembro de 2010. Consultado em 7 de novembro de 2010. Arquivado do original em 16 de novembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Novo cargo
Ministro da Economia e Finanças da República do Cosovo
19911999
Sucedido por
Cargo abolido
Precedido por
Ismet Beqiri
Presidente da Câmara de Pristina
20072013
Sucedido por
Shpend Ahmeti
Precedido por
Hashim Thaçi
Primeiro-ministro do Cosovo
20142017
Sucedido por
Ramush Haradinaj
Precedido por
Fatmir Sejdiu
Líder da Liga Democrática do Cosovo
2010 – atualidade
Sucedido por
Em exercício