James P. Johnson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
James P. Johnson
James P. Johnson em 1921
Nascimento 1 de fevereiro de 1894
New Brunswick
Morte 17 de novembro de 1955 (61 anos)
Jamaica, Queens
Cidadania Estados Unidos
Etnia Afro-americano
Ocupação compositor, pianista, músico de jazz
Gênero literário Jazz, Ragtime
Causa da morte acidente vascular cerebral

James Price Johnson (Nova Brunswick, 1 de fevereiro de 1894Jamaica, 17 de novembro de 1955) foi um pianista e compositor estadunidense, considerado o pai do stride piano e importante link entre o ragtime e o jazz piano.

Biografia[editar | editar código-fonte]

James Johnson nasceu em 1 de Fevereiro de 1894 em New Brunswick, Nova Jersey, onde passou sua juventude, estudou música clássica e ragtime, e tocou em casas esportivas, bares e festas particulares[1].

Com o passar dos anos foi considerado o melhor pianista da Costa Leste.

Em 1921 gravou “Carolina Shout”, um trabalho original considerado como a primeira gravação de solo de piano no jazz.

Nas décadas de 1920 e 1930 acompanhou grandes cantoras de blues, como Ida Cox, Bessie Smith e Ethel Waters.

Colaborou com o poeta Langston Hughes em uma composição chamada “De Organizer”, tocada pela primeira vez em 1940[2].

Em 1951 sofreu um acidente vascular cerebral paralisante que o impossibilitou de tocar.

Morreu em 1955 em Nova Iorque, aos 61 anos.

Referências

  1. MCCURDY. Ronald C. Meet the Great Jazz Legends. pp 7.
  2. MCCURDY. Ronald C. Meet the Great Jazz Legends. pp 8.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre James P. Johnson
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.