Jenő Buzánszky

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jenő Buzánszky
Jenő Buzánszky
Buzánszky durante comemoração de seus 85 anos, em 2010.
Informações pessoais
Nome completo Jenő Buzánszky
Data de nasc. 4 de maio de 1925
Local de nasc. Újdombóvár,  Hungria
Falecido em 11 de janeiro de 2015 (89 anos)[1]
Local da morte Esztergom,  Hungria
Informações profissionais
Posição Lateral-direito
Clubes de juventude
1941–1946 Hungria Dombóvári Vasutas
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1946–1947
1947-1960
Hungria Pécsi VSK
Hungria Dorogi FC
- (-)
330 (25)
Seleção nacional
1950–1956 Flag of Hungary.svg Hungria 48 (0)
Times/Equipas que treinou
1961–1965
1965–1968
1968–1969
1969–1970
1970–1971
1971–1978
Hungria Dorogi FC
Hungria Esztergomi Vasas
Hungria Dorogi FC
Hungria Esztergomi Vasas
Hungria Fõsped Szállitók
Hungria Dorogi FC
Jogos Olímpicos
Ouro Helsinki 1952 Equipe

Jenő Buzánszky (Újdombóvár, 4 de maio de 1925 - Esztergom, 11 de janeiro de 2015) foi um jogador de futebol e treinador húngaro que jogava na lateral-direita.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Fez parte da Seleção Húngara que dominou a Europa na primeira metade dos anos 50, conquistando a medalha de ouro nas Olimpíadas de 1952 e acabando com um surpreendente segundo lugar na Copa de 1954, realizada na Suíça. Sua carreira clubística iniciou-se em 1946, no Pécsi VSK, mas seria no Dorogi FC que ele se destacaria, com 330 partidas disputadas e 25 gols marcados até 1960, ano de sua aposentadoria. No elenco da Seleção Húngara que disputara o Mundial de 1954, era o único atleta que não defendia Honvéd ou MTK, as duas forças do futebol magiar na época.[2]

Como treinador, o ex-lateral treinou Dorogi (1961–65, 1968–69 e 1971-78), Esztergomi Vasas (1965-68 e 1969-1970) e Fõsped Szállitók (1970-71). Manteve-se ligado ao futebol quando foi escolhido vice-presidente da Federação Húngara de Futebol em 1996.

Juntamente com Gyula Grosics, foi um dos únicos sobreviventes da geração de ouro da Seleção Húngara nos anos 50. Com a morte do ex-goleiro, em fevereiro de 2014, Buzánszky era o único remanescente ainda vivo. Faleceu em Esztergom, aos 89 anos, após uma prolongada enfermidade.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Morre último jogador da lendária seleção húngara dos anos 50». Lancenet. 12 de Janeiro de 2015 
  2. «Elenco na Copa de 54 na Worldfootball». Consultado em 16 de fevereiro de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]