Federação Húngara de Futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Federação Húngara de Futebol

Federação Húngara de Futebol

Fundação 1901
Sede Budapeste
Filiação à FIFA em 1906
Filiação à UEFA em 1954
Presidente Sándor Csányi
Website www.mlsz.hu

A Federação Húngara de Futebol (em húngaro: Magyar Labdarúgó-szövetség, MLSZ) é o órgão que dirige e controla o futebol da Hungria, comandando as competições nacionais e a Seleção Húngara de Futebol. A sede deste órgão está localizada em Budapeste, capital nacional.[1][2]

Viveu seu auge na década de 1950, com o time que continha as estrelas Ferenc Puskás, Sándor Kocsis, Zoltán Czibor, Gyula Grosics, Nándor Hidegkuti, entre outros. Conquistaram a medalha de ouro nas Olimpíadas de 52, tendo uma série invicta caracterizada por grandes goleadas, mas que foi encerrada justamente na final da Copa do Mundo de 1954, para a Alemanha Ocidental. Um dos feitos memoráveis daquele time foi ter sido vencido a Inglaterra na casa do adversário, e por 6 a 3 - o que causou uma grande comoção na ilha, pois os ingleses até então nunca tinham sido derrotados em casa por times não-britânicos (na visão deles; a República da Irlanda, já independente, já tinha conseguido o feito antes, mas eram considerados britânicos). Na revanche, na Hungria, o massacre foi ainda maior - 7 a 1 para os magiares.

Entretanto, após a invasão da Hungria pelo Pacto de Varsóvia, em 1956, abalou o time, que encontrava-se em excursão pelo exterior. Os principais astros acabaram se exilando em outros países - a Espanha, por exemplo, recebeu Puskás (que foi para o Real Madrid), Kocsis e Czibor (que foram para o Barcelona) e deixaram de ser chamados. Mesmo com um novo craque, Flórián Albert, que liderou a equipe nas Copas de 58 à 66, a Hungria não foi mais a mesma.

György Szepesi foi presidente da federação de 1978 a 1986.[3]

Historial no Campeonato da Europa[editar | editar código-fonte]

  • Organizações: 0
  • Participações: 2
    • 1964 e 1972
  • Títulos: 0
  • Finais: 0
  • Ronda de qualificação:
    • Presenças: 12
    • Jogos: 91
    • Vitórias: 37
    • Empates: 21
    • Derrotas: 33
    • Golos marcados: 155
    • Golos sofridos: 121

Principais Times[editar | editar código-fonte]

Equipes Húngaras em competições da UEFA (2019-20)[4][editar | editar código-fonte]



Maiores campeões das competições geridas pela Federação Húngara de Futebol:[5][editar | editar código-fonte]

  • Campeonato Húngaro de Futebol= Ferencváros: 30 títulos;
  • Copa da Hungria de Futebol= Ferencváros: 22 títulos;
  • Supercopa da Hungria de Futebol= Ferencváros: 6 títulos;

Referências

  1. Veronika Gulyas. «Hungary's Soccer Tsar to Strike Current System». WSJ 
  2. «A kick at regaining Hungary's football glory». Consultado em 30 de junho de 2014. Cópia arquivada em 29 de novembro de 2014  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda)
  3. «Dr. Gyorgy Szepesi». Jewishsports.net. Consultado em November 3, 2011. Cópia arquivada em August 18, 2011  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda); Verifique data em: |acessodata=, |arquivodata= (ajuda)
  4. «UEFA: Equipes húngaras». UEFA.com. Consultado em 8 de maio de 2020 
  5. «Federação Húngara de Futebol». MLSZ.hu. Consultado em 8 de maio de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Soccer stub.svg Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.