João Faria Vianna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde setembro de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
João Faria Vianna
Nacionalidade Brasil

João Faria Vianna (Porto Alegre, 19051975) foi um pintor, gravador, desenhista e professor brasileiro.

Estudou no Instituto de Belas Artes, sendo aluno de Libindo Ferrás e Francis Pelichek, e foi um dos fundadores da Associação Riograndense de Artes Plásticas Francisco Lisboa, sendo também seu primeiro presidente. Lecionou desenho e pintura e trabalhou como ilustrador da Editora Globo.

No Brasil obteve diversas premiações. Tem obras em várias coleções particulares nos Estados Unidos da América, Inglaterra, França, Portugal e Itália. A cidade de porto Alegre foi tema constante em sua obra, sobretudo os velhos casarões, imortalizados a bico de pena no livro Imagens Sentimentais da Cidade, de Athos Damasceno Ferreira, ou os casarios da região da colonização alemã, que formam importante registro documental da arquitetura gaúcha.

Referências gerais[editar | editar código-fonte]

  • Renato Rosa & Décio Presser. Dicionário de Artes Plásticas no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Editora da Universidade, 1997.
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.