João I de Brabante

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
João I de Brabante
Nascimento 1252
Bruxelas
Morte 3 de maio de 1294 (42 anos)
Bar-le-Duc
Cidadania Alemanha
Progenitores Mãe:Adelaide de Borgonha
Pai:Henrique III de Brabante
Cônjuge Margarida da França, Margarida de Dampierre
Filho(s) Jan II de Brabante, Margarida de Brabante
Irmão(s) Maria de Brabante, Henrique IV de Brabante, Godofredo de Brabante
Ocupação escritor, político, compositor, poeta
Título duque
Religião cristianismo

João I de Brabante, o Vitorioso (Bruxelas, 1253Bar-le-Duc, 3 de maio de 1294) foi duque de Brabante de 1267 a 1294 e duque de Limburgo de 1288 a 1294, filho de Henrique III, duque de Brabante, e de Adelaide da Borgonha.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Seu irmão mais velho, deficiente mental, é deposto do ducado em 1267 e internado por uma ordem sua, sucede-o.

Reaproxima-se da realeza francesa ao casar-se com uma filha de São Luís, mas ela morre pouco depois. No entanto, os laços com a França perduram, e o novo rei francês, Filipe III, casa-se em 1274 com uma irmã sua.

Em 1276, une-se ao exército de seu cunhado para defender os direitos de Afonso de la Cerda contra Sancho IV de Castela, e depois participa, em 1285, na Cruzada de Aragão. Luta também contra muitos dos vizinhos do Ducado de Brabante.

Em 1283, a duquesa Ermengarda de Limburgo falece e o imperador Rodolfo I de Habsburgo permite que o ducado passe, sob aluguer, ao viúvo, Reinaldo I de Guéldria, ignorando os pedidos de Adolfo V de Berg, que o reivindica. Sem poder fazer valer suas pretensões através das armas, Adolfo V de Berg vende seus direitos a João I de Brabante, que parte para a conquista do Ducado de Limburgo. Seguem cinco anos de guerras, que terminam na batalha de Worringen, onde João vence Reinaldo I de Guéldria e seus aliados. Reinaldo é obrigado a renunciar a Limburgo em 15 de outubro de 1289.

Nos anos seguintes, João I se reaproxima da Inglaterra, casando seu filho a uma filha de Eduardo I.

Jan I é considerado um modelo perfeito de príncipe feudal: bravo, aventuroso, excelente em qualquer tipo de atividade física, amante das aparências e de temperamento generoso. Isto o fez muito popular na imaginação coletiva e na literatura da Idade Média. Até hoje existe uma ode a ele, tão conhecida que foi uma candidata ao hino de Brabante do Norte. Também ficou conhecido por seus muitos filhos ilegítimos. Impressionava em torneios e adorava participar em duelos.

Em 1294, acompanha o conde de Bar Henrique III que vem desposar uma filha de Eduardo I. Dão-se muitas festas e torneios. Durante um duelo, Jan I cai sob seu próprio cavalo, gravemente ferido no braço pela lança de seu adversário. Falece naquela mesma noite.

Casamentos e filhos[editar | editar código-fonte]

Casa-se em primeiras noites, em fevereiro de 1271, com Margarida de França (12551272), filha de São Luís, rei de França e de Margarida de Provença, e têm:

  • um filho, nascido e morto em setembro de 1272;

Viúvo, casa-se novamente em 1273 com Margarida de Flandres (12511285), filha de Guido de Dampierre, conde de Flandres e de Mathilde de Béthune. Têm:

Precedido por
Henrique IV
duque de Brabante
Armoiries Brabant.svg

Sucedido por
João II
Precedido por
Reinaldo I
duque de Limburgo
Armoiries Limbourg.png

Sucedido por
João II