Joaquim José Insley Pacheco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Joaquim José Insley Pacheco
Nascimento 1830
Cabeceiras de Basto
Morte 1912 (82 anos)
Rio de Janeiro
Cidadania Portugal
Ocupação fotógrafo, pintor

Joaquim José Insley Pacheco (Cabeceiras de Basto, 1830 - Rio de Janeiro, 1912)[1] foi um fotógrafo, foto-pintor, pintor, professor e retratista português que veio viver e trabalhar no Brasil.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

De Portugal, quando este era Reino, Pacheco veio ao Brasil, na época do Império, na sua juventude. Nos anos de 1849 e 1851 estudou com Jeremiah Gurney e Matthew Brady grandes fotógrafos da época, em Nova Iorque. Na sua volta ao Brasil fundou um estúdio no Rio de Janeiro e graças à qualidade de seus trabalhos recebeu o título de Fotógrafo da Casa Imperial em 1855.[2]

Participou dos salões da Academia Imperial de Belas Artes de 1859, 1864, 1865, 1866, 1867, 1868, 1875. Recebeu uma medalha de prata na exposição de 1866.

Estudou pintura e desenho com François René Moureau e Karl Linde. Além disso, era discípulo de Arsênio da Silva, com quem aprendeu técnicas em têmpera guache.[1]

Sua obra retrata a família real, políticos e aristocratas de seu tempo.[2] Foi também exímio paisagista.

Referências

  1. a b DezenoveVinte. «INSLEY PACHECO». Consultado em 23 de abril de 2009 
  2. a b c Biblioteca Digital Mundial. «Isabel, Princesa do Brasil». Consultado em 23 de abril de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.