John Rykener

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

John Rykener, também conhecido pelo nome alternativo de Johannes Richer (nome de guerra masculino) e por Eleanor (nome de guerra feminino), foi uma travesti e prostituta inglesa do Século XIV que trabalhou principalmente em Londres, perto da histórica Rua Cheapside; mas que também atuou profissionalmente alugando seu corpo na cidade universitária de Oxford.

Em 1395 John Rykener foi encontrado em flagrante pelas autoridades policiais londrinas vestido de mulher (cross-dressing) e fazendo sexo com um tal de John Britby, quando ambos foram apreendidos e interrogados em frente ao prefeito e seu assistente administrativo. John Rykener ofereceu um relato detalhado e revelador sobre a sua vida sexual. Uma inquestionável raridade, o boletim de ocorrência medieval sobreviveu os séculos, sendo presentemente o único registro oficial deste tipo tratando descritivamente o assunto da copulação sendo praticada por pessoas do mesmo sexo naquela época.

Em seu depoimento John Rykener afirmou ter muitos clientes sexuais, inclusive padres, monges, e freiras. Ele disse que preferia os padres pois, em comparação eles pagavam bem mais do que todos/as os/as outros/as. John Rykener revelou às autoridades que um frade da ordem dos franciscanos lhe deu um anel de ouro; e que em certa ocasião quando esteve junto a um grupo de clientes composto por um frade da Ordem do Carmo e seis estrangeiros, sendo que de um deles ele recebeu como pagamento doze pences, e de outro dois xelins.[1]

Não se sabe se houve ou quais foram as conseqüências decorrentes do aprisionamento de John Rykener por prostituição e pela prática do chamado pecado nefando contra a natureza, muito perseguido em seu tempo. Não é sabido se foi iniciado um processo legal formal contra o prisioneiro por parte da guarda policial, ou mesmo paralelamente pelas autoridades eclesiásticas, como era de costume mesmo em finais da Idade Média na Inglaterra.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Fordham University - The Jesuit University of New York: "Medieval Sourcebook: The Questioning of John Rykener, A Male Cross-Dressing Prostitute", 1395. (1995).

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • David Lorenzo Boyd e Ruth Mazo Karras, "The Interrogation of a Male Transvestite Prostitute in Fourteenth-Century London", GLQ: A Journal of Lesbian and Gay Studies 1 (1995): 459-65.
  • David Lorenzo Boyd e Ruth Mazo Karras, "Ut cum muliere: A Male Transvestite Prostitute in Fourteenth Century London". In Premodern Sexualities. Editado por Louise Fradenburg e Carl Freccero. (London: Routledge, 1996), 99-116.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre LGBT é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.