José Soriano de Sousa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2012). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

José Soriano de Sousa (Paraíba, 15 de setembro de 1833Recife, 12 de agosto de 1895) foi um médico e filósofo brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

José Soriano de Souza nasceu na Paraíba, em 15/09/1833 e faleceu em Recife, 12/08/1895. Graduado e doutor em Medicina, pela Faculdade do Rio de Janeiro, em 1860, também se graduou e se tornou doutor em Filosofia na Universidade de Lovaina, na Bélgica.

Foi Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, do Vaticano, professor Catedrático de Direito Público e Constitucional da Faculdade de Direito do Recife, onde também lecionou Direito Natural e Direito Romano, havendo sido ainda professor de Filosofia do Ginásio Provincial de Pernambuco, da mesma capital.

Souza também se dedicou ao jornalismo, fundando e dirigindo, na capital pernambucana, os jornais católicos A Esperança (1865-1867) e A União (1872-1873). Foi pai de José Soriano de Sousa Filho.[1]

Seus restos mortais estão sepultados no Cemitério de Santo Amaro, em Recife.

Obras do autor[editar | editar código-fonte]

  • Ensaio Médico-Legal (1862);
  • Compêndio de Filosofia, ordenado segundo os princípios e métodos do Doutor Angélico, S. Tomás de Aquino (1867);
  • Lições de filosofia elementar, racional e moral (1871);
  • Considerações sobre a Igreja e o Estado, sob o ponto de vista jurídico, filosófico e religioso (1874);
  • Elementos de Filosofia do Direito(1880);
  • Apontamentos de Direito Constitucional (1883);
  • Princípios Gerais de Direito Público e Constitucional (1893).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um médico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.