Juan Pablo Duarte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Juan Pablo Duarte y Díez

Juan Pablo Duarte y Díez (26 de janeiro de 1813 - 15 de julho de 1876) foi um visionário do século 19 e pensador liberal que, juntamente com Francisco del Rosario Sánchez e Matías Ramón Mella é amplamente considerado o arquiteto da República Dominicana e sua independência do Haiti em 1844.[1] Sua aspiração para a parte de língua espanhola da ilha Hispaniola foi ajudar a criar uma nação auto-suficiente estabelecida no ideário liberal de um governo democrático. A montanha mais alta do Caribe (Pico Duarte), um parque em Nova York, e muitos outros marcos notáveis levam seu nome, sugerindo a importância histórica que os dominicanos têm dado a este homem. Sua visão em favor do país foi rapidamente neutralizada pelas elites conservadoras, que procuravam alinhar o país com novas potências coloniais e voltar para o regionalismo tradicional. No entanto, suas idéias democráticas, embora vagas em detalhes, servem como diretrizes, pelo menos em teoria, para a maioria do governo dominicano. Suas falhas fizeram dele um mártir político aos olhos das gerações subseqüentes.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Juan Pablo Duarte» (em francês). data.bnf.fr. Consultado em 30 de dezembro de 2019