Jussi Adler-Olsen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Jussi Adler-Olsen
Nascimento Carl Valdemar Henry Adler-Olsen
2 de agosto de 1950 (70 anos)
Copenhaga
Cidadania Dinamarca
Ocupação escritor
Obras destacadas The Keeper of Lost Causes, The Absent One, A Conspiracy of Faith, The Purity of Vengeance, The Marco Effect, The Hanging Girl, The Scarred Woman, Victim 2117, Department Q
Página oficial
http://jussiadlerolsen.dk

Carl Valdemar Jussi Henry Adler-Olsen assina como Jussi Adler-Olsen (Copenhague, 2 de agosto de 1950) é um escritor dinamarquês de ficção, editor e empresário.

Início da vida[editar | editar código-fonte]

Nascido em Copenhague, ele era o caçula de quatro filhos, e o único menino. Filho do bem-sucedido psiquiatra e sexólogo Henry Olsen. Cursou ciências políticas e se formou em cinema.[1]

Foi editor de diversas publicações antes de começar a escrever ficção.[2] Seus romances foram vendidos em mais de 40 idiomas.

Obras[editar | editar código-fonte]

Série do Departamento Q[editar | editar código-fonte]

  1. Kvinden i buret, 2007. No Brasil: A Mulher Enjaulada (Record, 2014) / Em Portugal: O Guardião das Causas Perdidas (Presença, 2014)
  2. Fasandræberne, 2008. Em Portugal: Desejo de Vingança (Presença, 2016)
  3. Flaskepost fra P, 2009.
  4. Journal 64, 2010.
  5. Marco effekten, 2012.
  6. Den Grænseløse, 2014.
  7. Selfies, 2016.

Livros isolados[editar | editar código-fonte]

  • Alfabethuset, 1997
  • Firmaknuseren, 2002
  • Washington dekretet, 2006

Adaptações cinematográficas[editar | editar código-fonte]

Os três primeiros livros da série do Departamento Q foram adaptados ao cinema dinamarquês.

  • Kvinden i buret, 2012. Em inglês: The Keeper of Lost Causes. Em português: O Guardião das Causas Perdidas.[3]
  • Fasandræberne, 2014. Em inglês: The Absent One. Em português: O Ausente.[4]
  • Flaskepost fra P, 2016. Em inglês: A Conspiracy of Faith.

Referências