Literatura da Dinamarca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O escritor dinamarquês Hans Christian Andersen, em 1869.
O filósofo dinamarquês Søren Kierkegaard.

A Literatura dinamarquesa é a literatura escrita na Dinamarca ou por dinamarqueses.
O dinamarquês é o idioma oficial da Dinamarca, ocorrendo ainda na região alemã de Schleswig e nas possessões dinamarquesas da Groenlândia e Ilhas Feroé. É uma língua nórdica derivada do nórdico antigo e aparentada com o norueguês e o sueco.
Os textos mais antigos estão gravados em pedras rúnicas (do séc. VIII ao séc. XII). Na Idade Média os documentos eram predominantemente escritos em latim (do séc. XII ao séc. XV). Com a Reforma protestante a língua dinamarquesa entrou em cena, como idioma do reino da Dinamarca (no séc. XVI). Finalmente, no séc. XVII, a literatura dinamarquesa desenvolveu plenamente a sua potencialidade.
Entre muitos outros escritores, podem ser apontados Saxo Grammaticus, Ludvig Holberg, Søren Kierkegaard, Hans Christian Andersen e Karen Blixen.[1][2][3]

Alguns escritores dinamarqueses[editar | editar código-fonte]

Proposta de Cânone Literário[editar | editar código-fonte]

Uma proposta de Cânone Literário Dinamarquês foi apresentada em 2006 pelo Ministério da Cultura da Dinamarca. A sua receção foi polémica e controversial. Como sugestão para iniciação na herança literária dinamarquesa, eram listadas as seguintes obras:[4][5]

Breve história da literatura dinamarquesa[editar | editar código-fonte]

Pré-história[editar | editar código-fonte]

Inscrições na pedra grande de Jelling

Os textos mais antigos são encontrados em pedras rúnicas, da Idade do Ferro e da Era dos Vikings. A língua usada é o nórdico antigo, o idioma antepassado do dinamarquês.
As duas Pedras de Jelling contêm frases e imagens gravadas no século X.[6]

Referências

  1. «Danmark - Litteratur» (em dinamarquês). Den Store Danske Encyklopædi – Grande Enciclopédia Dinamarquesa. Consultado em 27 de setembro de 2017 
  2. «Danmarks litteratur» (em norueguês). Store norske leksikon - Grande Enciclopédia Norueguesa. Consultado em 27 de setembro de 2017 
  3. Kofoed, Niels (1970). Hovedlinier i dansk litteratur (em dinamarquês). Copenhaga: Lindhardt og Ringhof. 253 páginas. ISBN-13:9788711721124 
  4. «Kulturkanon» (em dinamarquês). Kultur Ministeriet. Consultado em 28 de setembro de 2017 
  5. «Kulturkanonen» (PDF) (em dinamarquês). Kultur Ministeriet. Consultado em 28 de setembro de 2017 
  6. «JELLINGSTENENE CA. 950-965» (em dinamarquês). Universidade de Aarhus. Consultado em 21 de janeiro de 2017 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Kofoed, Niels (1970). Hovedlinier i dansk litteratur (em dinamarquês). Copenhaga: Lindhardt og Ringhof. 253 páginas. ISBN-13:9788711721124 
  • F J Billeskov Jansen e R Wagner Hansen. «Panorama da Literatura Dinamarquesa» (em portuguesa). Estante Virtual. Consultado em 7 de outubro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


---Sidenote START---

Literatura nórdica

Flag of Denmark.svg Literatura dinamarquesa Flag of the Faroe Islands.svg Literatura feroesa Flag of Finland.svg Literatura finlandesa Flag of Iceland.svg Literatura islandesa Flag of Norway.svg Literatura norueguesa Flag of Sweden.svg Literatura sueca