Kaprosuchus saharicus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaKaprosuchus saharicus
Ocorrência: Cretáceo Superior
[[Imagem:thumb|Kaprosuchus NT|240px|]]

Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Sauropsida
Subclasse: Diapsida
Infraclasse: Archosauromorpha
Superordem: Crocodylomorpha
Família: Mahajangasuchidae
Género: Kaprosuchus
Sereno & Larsson, 2009
Espécie: K. saharicus
Nome binomial
Kaprosuchus saharicus
Sereno & Larsson, 2009

O Kaprosuchus saharicus é uma espécie extinta de crocodilos cujos fósseis foram escavados no atual Níger.[1] O seu nome significa "crocodilo-javali", pois possuía dentes proeminentes para cima e para baixo, pelo que o seu focinho fazia lembrar o de um facóquero. Ele pertencia à família dos Mahajangasuchideos, um grupo de crocodilos terrestres que viveu no final do mesozóico, no período cretácico.

Descrição[editar | editar código-fonte]

crânio e presas de um Kaprosuchus

Kaprosuchus saharicus é conhecido a partir de um crânio achado no Níger, estando este crânio em quase perfeito estado. As presas desproporcionais são a sua característica mais marcante. Apesar de ser muito diferente de qualquer outro crocodiliano, este animal partilha muitas características com o seu parente próximo Mahajangasuchus insignis. Ambos os géneros eram animais terrestres, como prova a posição das orbitas oculares no crânio.

Dieta[editar | editar código-fonte]

Como era um animal perfeitamente adaptado para viver em terra, capaz de correr velozmente por breves períodos de tempo. Este animal ainda uma poderosa mandíbula, com uma força incrível. Também tinha o focinho com ossos muito grossos, que, com a camada de armadura queratinosa que se pensava que o Kaprosuchus tinha, o tornava bastante duro.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Répteis, integrado no Projeto Anfíbios e Répteis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.