Kathekon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Kathekon (em grego: καθῆκον) (plural: kathekonta em grego: καθήκοντα) é um conceito grego, criado pelo filósofo estoico Zenão de Cítio e que pode ser traduzido como "comportamento adequado", "ações condizentes", ou "ação conveniente para a natureza",[1] ou ainda "função adequada".[2]

Kathekon foi traduzido em latim por Cícero como officium,[3] e por Sêneca como convenentia.[4]

Referências

  1. Prof A. Poliseno. «Stoicism in Ancient Rome». Nova Roma. Consultado em 29 de março de 2014 
  2. A. A. Long; D. N. Sedley. The Hellenistic Philosophers: Volume 1, Translations of the Principal Sources with Philosophical Commentary. Cambridge University Press; 1987. ISBN 978-0-521-27556-9. p. 365.
  3. Mary Louise Gill; Pierre Pellegrin. A Companion to Ancient Philosophy. John Wiley & Sons; 2009. ISBN 978-1-4051-8834-0. p. 541.
  4. Two Concepts of Morality: A Distinction of Adam Smith's Ethics and its Stoic Origin