Officium

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Roma Antiga
Roman SPQR banner.svg

Este artigo é parte da série:
Política e governo da
Roma Antiga


Períodos
Reino de Roma
753 a.C.509 a.C.

República Romana
509 a.C.27 a.C.
Império Romano
27 a.C.395
Império Ocidental
395476
Império Oriental
3951453
Sacro Império Romano-Germânico
800/9621806

Constituição romana

Constituição do Reino
Constituição da República
Constituição do Império
Constituição do Dominato
Senado
Assembleias Legislativas
Magistrados executivos

Magistrados ordinários
Magistrados extraordinários
Títulos e Honras
Imperador
Precedente e Lei

Atlas

Officium (plural: officia) é uma palavra latina com vários significados na Roma antiga, incluindo "serviço", "(sensação de) dever", "cortesia", "cerimônia" e coisas do mesmo género. Também se traduz para o grego, kathekon, e mais tarde foi usada em latim para tornar o sistema administrativo mais moderno.

No entanto, este artigo está sobretudo preocupado com o significado de "um escritório" (a palavra moderna provém de escritório) ou "mesa", no sentido de um dignitário do pessoal administrativo e de outros colaboradores, cada um dos quais foi chamado de officialis (daí o moderno oficial).

O Notitia Dignitatum dá-nos informações detalhadas, inequivocamente, decorrentes da própria divisão imperial, sobre a composição dos officia dos dois impérios romanos, título dado ao líder de tribunal, provincial, alguns militares e outros funcionários cerca de 400 d.C.. Embora os detalhes variem bastante de acordo com a classificação, do Oriente para o Ocidente e/ou em casos especiais, em geral, o pessoal dirigente seria como se segue (as descrições são quase "equivalentes" às da época):

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Pauly-Wissowa (em língua alemã, enciclopédia sobre a Antiguidade Clássica)


Ícone de esboço Este artigo sobre política ou um(a) cientista político(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.