Knödel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cozinhando os Klösse - como se faz há mais de 180 anos nas regiões de imigração alemã do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Knödel (plural: Knödeln) ou Kloß (plural: Klöße) ou ainda Kloss ou Knedlíky é uma bola de massa servida como refeição principal ou acompanhamento nas gastronomias da Áustria, Alemanha, Suíça, Boémia, e nas regiões de colonização alemã do sul do Brasil.

No sul do Brasil o kloß é considerado um dos pratos tradicionais da colônia alemã, um legado culinário do regionalismo germânico.[1] [2]

Existem muitos nomes para este prato versátil, dependendo da região. A especialidade pode ser preparada com farinha de trigo, semolina, batatinha inglesa, pão velho (de ontem, dormido), etc.

Técnica básica de preparação: Todo o kloß deve flutuar na água fervente uma vez pronto para ser servido.

Vale notar que vários povos europeus possuem suas próprias versões de Kloss.

Basicamente ele difere do Spätzle, também soletrado Spaetzle, por ser bem maior em tamanho.

Assado de panela ou estufado(Sauerbraten) servido com Knödel.
Grießklößchen são pequenos Klösse preparados com farinha semolina, leite, ovos, e manteiga; aqui servidos em caldo de galinha
Zwetschgenknödel são klösse recheados, neste caso com doce de ameixa.
Böhmische Knödel ou klösse à moda da Boêmia servidos com goulash.
Mehlklöße ou Klösse de farinha servido com compota de pêra (Birnenkompott).
Fünf Spinatklöße ou Klösse de espinafre em processo de cozimento.

Modos de knödel[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências