Língua mandeia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a língua litúrgica. Para o idioma moderno, veja Língua neomandeia.
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde maio de 2019). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.
Mandeu (Mandāyì • Raṭnā)
Falado em: Irão, Iraque, Estados Unidos
Região: Khūzestān, Irão
Total de falantes: 100 falantes de Neo-Mandeio
Família: Afro-asiática
 Semítica
  Semítica central
   Semíticas do noroeste
    Aramaico
     Aramaico oriental
      Mandeu
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
ISO 639-3: ambos:
mid — mandaico moderno
myz — mandaico clássico

O mandeu é o idioma litúrgico da religião mandeísta.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Häberl, Charles. 2006. The Neo-Mandaic Dialect of Khorramshahr. PhD Dissertation, Harvard University.
  • Macuch, Rudolf. 1993. Neumandäische Texte im Dialekt von Ahwaz. Wiesbaden: Harrasowitz.
  • Macuch, Rudolf. 1989. Neumandäische Chrestomathie. Wiesbaden: Harrasowitz.
  • Macuch, Rudolf. 1965. Handbook of Classical and Modern Mandaic. Berlin: De Gruyter.
  • Drower, Ethel Stefana and Rudolf Macuch. 1963. A Mandaic Dictionary. Oxford: Clarendon.
  • Nöldeke, Theodor. 1875. Mandäische Grammatik. Halle: Waisenhaus.
  • Nöldeke, Theodor. 1862. “Ueber die Mundart der Mandäer.” Abhandlungen der Historisch-Philologischen Classe der königlichen Gesellschaft der Wissenschaften zu Göttingen 10: 81-160.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.