La Tulipe noire

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de La tulipe noire)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
La Tulipe noire
No Brasil A Tulipa Negra
 França
1964 •  cor •  115 min 
Direção Christian-Jaque
Roteiro Christian-Jacque
Marcello Ciorciolini
Paul Andréota
Género aventura romântica
Companhia(s) produtora(s) Mediterranean Film Productions
Agata Films
Mizar Movies
Flora Film
Idioma francês

La Tulipe noire (bra: A Tulipa Negra[1]) é um filme francês[1] de 1964, dos gêneros romance e aventura, dirigido por Christian-Jaque, baseado no romance homônimo de Alexandre Dumas, pai[1].

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em 1789, com a Revolução Francesa em andamento, um bandido chamado Tulipa Negra ajuda os habitantes amedrontados dos arredores da cidade de Roussillon. Os pobres respeitam-no como um novo Robin Hood. Como Zorro, o Tulipa Negra é, na vida real, um membro na corte e, portanto, precisa de camuflar-se para que possa lutar por justiça. Guillaume de Saint Preux, o primeiro Tulipa Negra, fica ferido. Marcado por uma cicatriz no rosto, ele precisa implorar que seu irmão gêmeo Julian tome seu lugar.

Produção[editar | editar código-fonte]

O filme usa um título de um romance de Alexandre Dumas, pai,[2] o filme guarda semelhanças com o Pimpinela Escarlate da Emma Orczy,[3] que também é ambientado na Revolução Francesa,[4] com a diferença que o Tulipa Negra ajuda aos pobres e não os aristocratas, sendo mais parecido com o Zorro.[5]

Elenco[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. a b c «A Tulipa Negra». Brasil: CinePlayers. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  2. La tulipe noire
  3. Pimpinela Escarlate: herói terá novo filme
  4. No Dia da Queda da Bastilha, 8 filmes para entender a Revolução Francesa
  5. Pablo Mérida (1997). El Zorro: otros justicieros de película. [S.l.]: Nuer. pp. 230–232. ISBN 9788480680417 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme francês é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.