Landri Sales

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Landri Sales
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 9 de novembro
Fundação 1957
Gentílico landrisalense
Prefeito(a) Aurélio Saraiva de Sá (PSB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Landri Sales
Localização de Landri Sales no Piauí
Landri Sales está localizado em: Brasil
Landri Sales
Localização de Landri Sales no Brasil
07° 15' 57" S 43° 55' 48" O07° 15' 57" S 43° 55' 48" O
Unidade federativa  Piauí
Mesorregião Sudoeste Piauiense IBGE/2008 [1]
Microrregião Bertolínia IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Marcos Parente, Jerumenha, Canavieira, Sebastião Leal e Antônio Almeida
Distância até a capital 363 km
Características geográficas
Área 1 193,316 km² [2]
População 5 281 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 4,43 hab./km²
Altitude 310 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,638 médio PNUD/2000 [4]
PIB R$ 29 989,180 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 5 219,14 IBGE/2008[5]

Landri Sales é um município brasileiro do estado do Piauí e está situada na Região Nordeste do País.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 07º15'57" sul e a uma longitude 43º55'49" oeste, estando a uma altitude de 310 metros. Sua população estimada em 2004 era de 5.601 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

O Município teve origem na localidade de Brejo da Conceição, propriedade de Zaqueu Martins Moreira, que pretendia transformá-la em próspera povoação. Com o apoio de familiares, doou pequenos lotes de terra a quem neles desejasse se estabelecer. Grande número de pessoas acorreu ao local, iniciando-se o povoamento. O progresso foi interrompido pela seca de 1915. Passado o flagelo, Zaqueu começou a reconstruir o aglomerado urbano, em área mais fértil de propriedade de Dionísio José Benvindo, distante três quilômetros do primeiro núcleo, passando a povoação a chamar-se Brejo do Maroto, eregia o primeiro templo religioso em 1923, o templo da Igreja Batista de Solidão trazida da Fazenda Solidão onde havia sido fundada em 1917 . Em 1943, o povoamento mudou o topônimo para Landri Sales, em homenagem ao ex-Interventor Federal do Estado. O distrito e o município foram criados em 30 de julho de 1957, pela Lei Estadual n° 1541, mas somente em 9 de novembro de 1957, Landri Sales teve emancipação política. Em relação a Organização Judiciária era comarca de Jerumenha criada em 30 de julho de 1957. Mas com o desenvolvimento, hoje dependemos da nossa própria comarca com o fórum local com sede à rua Dom Pedro I, aqui em Landri Sales. Entre as principais comemorações destacamos as seguintes: Festejo da Santa Cruz (Padroeira do Município) realizado no período de 24 de abril a 3 de maio; Festejo de São Francisco, realizado no período de 26 de setembro a 4 de outubro. Temos ainda o festejo de São Benedito, localizado no Assentamento São Benedito, que se inicia dia 15 de maio e se estende até o dia 24 do mesmo mês onde atrai muitos devotos do Santo; Festejos do bairro Betel em honra a São Pedro tendo início dia 20 de junho a 29 de junho e esta localizado a 1 km da sede do município; Dia Municipal do Evangélico 4° sábado do mês de Julho; Aniversário da cidade dia 9 de novembro.

Lista dos Prefeitos[editar | editar código-fonte]

1º Dr. Osório de Sousa Rocha. (1957 a 1959). 2º Adelmir Benvindo de castro. (1958 a 1962). 3º Osmundo Soares de Brito. (1963 a 1964). 4º Nelson Benvindo da Fonseca. (1965 a 1966). 5º Bibiano Pereira da Fonseca. (1967 a 1968). 6º Erondino Pereira da Fonseca. (1968 a 1969). 7º Clodoaldo Alves de Castro. (1969 a 1970). 8ª Isa Batista Moreira da Fonseca. (1970 a 1972). 9º Alcino Pereira de Sá. (1973 a 1976). 10º Miguel de Alves Lima. (1977 a 1980). 11º Alcino Pereira de Sá. (1981 a 1984). 12º Alcino da Silva Guedes. (1985 a 1988). 13º Alcino Pereira de Sá. (1989 a 1996). 14º Espedito Francisco Pimentel. (1997 a 2000). 15º Alcino Pereira de Sá. (2001 a 2008). 16º Joedison Alves Rodrigues. (2009 a 2012). 17º Aurélio Saraiva de Sá. (Atual Prefeito de 2013 a 2020).

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Piauí é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.