Lathyrus sativus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaLathyrus sativus
Lathyrus sativus
Lathyrus sativus
Classificação científica
Reino: Plantae
Clado: angiospérmicas
Clado: eudicotiledóneas
Clado: rosídeas
Ordem: Fabales
Família: Fabaceae
Subfamília: Faboideae
Tribo: Vicieae
Género: Lathyrus
Espécie: L. sativus
Nome binomial
Lathyrus sativus
L.

A Lathyrus sativus[1], comummente conhecida como chícharo-comum[1] ou simplesmente chícharo.[2] é uma planta leguminosa (não confundir com a Lathyrus cicera, que consigo partilha este nome), pertence à família das Fabáceas, inserindo-se, ainda no tipo fisionómico dos terófitos.[3]

Nomes comuns[editar | editar código-fonte]

Esta espécie dá ainda pelos seguintes nomes comuns: arrelique[1][3], chícharão[1][3] e feijão-machadinha[1][3]O fruto ou grão apresenta-se dentro de uma vagem, é comestível e designa-se, também, pelo termo «chícharo».[3][2]

Uso[editar | editar código-fonte]

A planta é difusamente cultivada para o consumo humano, na Ásia, na África Oriental e países mediterrâneoss da Europa. Tal como o grão-de-bico e o feijão, consome-se o chícharo cozido. Também é usado como suplemento ou reforço na alimentação de animais, a par com as favas, em períodos de reprodução ou de trabalho desgastante.[4]

O chícharo é cultivado, apreciado e consumido em sopas, guisados, saladas e outros pratos salgados. Em Portugal, Alvaiázere, localidade e concelho no centro do país, é chamada "capital do chícharo".

Chícharo

Os chícharos são consumidos há quatro mil anos na Índia. Pobre em gorduras e com alto teor de fibras, o seu consumo contínuo pode entretanto produzir uma intoxicação denominada latirismo, que pode afetar tanto o homem como os animais, caracterizada por tremores, paraplegia e parestesias. Tal intoxicação, devida à presença de certos aminoácidos neurotóxicos, afetou a população espanhola durante a grande fome que se seguiu à guerra civil espanhola.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e «Lathyrus sativus - Página de Espécie • Naturdata - Biodiversidade em Portugal». Naturdata - Biodiversidade em Portugal. Consultado em 24 de fevereiro de 2022 
  2. a b S.A, Priberam Informática. «chícharo». Dicionário Priberam. Consultado em 24 de fevereiro de 2022 
  3. a b c d e «Lathyrus sativus». Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Consultado em 17 de março de 2020 
  4. quentalbiologico.com. «O chícharo». Consultado em 2 de outubro de 2013. Arquivado do original em 4 de outubro de 2013 
  5. Carlos Azcoytia. «Historia de la almorta, o el veneno que llegó con el hambre tras la guerra civil española.». Historiadores de la cocina. Organización no gubernamental "Grupo Gastronautas". Consultado em 24 de abril de 2013 
Ícone de esboço Este artigo sobre plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.