Laura Mersini-Houghton

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Laura Mersini-Houghton

Laura Mersini-Houghton é uma física teórica-cosmóloga, e professora da Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill desde janeiro de 2004 [1].

Licenciou-se na Universidade de Tirana, situada na sua terra natal, a Albânia, e obteve o doutoramento em 2000 na Universidade de Wisconsin–Milwaukee, defendendo a tese "Dinâmica do vácuo nos cenários do universo primordial nas transições de fase e dimensões adicionais (Vacuum dynamics in the early universe scenarios of phase transitions and extra dimensions) [2].

Já trabalhou em uma variedade de tópicos sobre a interligação da cosmologia-física de partículas. Estando particularmente interessada na possibilidade de gerar energia negra através da física transplanckiana na teoria das cordas, gravidade e teoria quântica de campos no espaço curvo e nos mundos de Brane das dimensões superiores [2].

Uma das suas principais contribuições para o mundo da física, é a sua teoria que explica a seleção das condições iniciais do nosso Universo a partir do multiverso [3][4][5].

Referências

  1. «Laura Mersini-Houghton». Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill. Consultado em 17 de setembro de 2011. 
  2. a b «Professor Laura Mersini-Houghton». Lifeboat Fondation. Consultado em 17 de setembro de 2011. 
  3. Archil Kobakhidze, Laura Mersini-Houghton (20 de outubro de 2004). «Birth of the Universe from the Landscape of String Theory». Universidade de Cornell. Consultado em 17 de setembro de 2011. 
  4. Laura Mersini-Houghton (17 de agosto de 2005). «Can we predict $Λ$ for the Non-SUSY sector of the Landscape ?». Universidade de Cornell. Consultado em 17 de setembro de 2011. 
  5. R. Holman, L. Mersini-Houghton (11 de dezembro de 2006). «Why the Universe Started from a Low Entropy State». Universidade de Cornell. Consultado em 17 de setembro de 2011.