Lei de Godwin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O advogado e escritor Mike Godwin cunhou a lei que leva seu nome em 1990, na Usenet.

A lei de Godwin, também conhecida como regra de Godwin das analogias nazistas (em inglês Godwin's law ou Godwin's Rule of Nazi analogies) é um moto de cunho satírico criado em 1990, pelo advogado americano Mike Godwin, e utilizado na Internet, segundo o qual:[1][2][3][4]

"À medida que uma discussão online se alonga, a probabilidade de surgir uma comparação envolvendo Adolf Hitler ou os nazistas tende a 100%."

Tal comparação costuma aparecer independentemente do tema em questão, sendo porém mais frequente em discussões sobre política ou religião. Tradicionalmente, nas listas e nos fóruns de discussão, há um consenso de que a comparação com Hitler (ou com os nazistas) é introduzida no momento (o chamado "ponto Godwin") em que o contendor já esgotou todos os argumentos razoáveis, ou seja, quem se utiliza dela é aquele que, de fato, perdeu a discussão. Por essa razão, na prática, a lei de Godwin acaba por determinar o limite para discussões aparentemente intermináveis.

Godwin distingue sua "lei" do pseudolatinismo irônico reductio ad Hitlerum, introduzido no início dos anos 1950 pelo filósofo Leo Strauss (embora o próprio conceito fosse bem anterior) para explicar que o fato de Hitler ter partilhado de uma dada opinião não era razão suficiente para refutá-la.[5] Já a lei de Godwin introduz a ideia de que esse tipo argumento é inevitável quando uma discussão se prolonga indefinidamente.[6] Godwin conta que introduziu sua lei em 1990,[1] não com a intenção de articular uma falácia, mas de produzir um experimento memético, visando reduzir a incidência de comparações hiperbólicas inadequadas. "Embora deliberadamente formulada como se fosse uma lei da natureza ou uma lei matemática, seu propósito sempre foi retórico e pedagógico".[7]

Referências

  1. a b Mike Godwin (1º de outubro de 1994). «Meme, Counter-meme» (em inglês). Wired. Consultado em 1 de setembro de 2008 
  2. No original: "As a Usenet discussion grows longer, the probability of a comparison involving Nazis or Hitler approaches one" [1]
  3. How to post about Hitler and get away with it—the Godwin's law FAQ. Por Tim Skirvin. Skirv's Wiki, 15 de setembro de 1999. arquivo
  4. Godwin, Mike. Godwin's law of Hitler Analogies (and Corollaries). Electronic Frontier Foundation, 1995. EFF.org "Net Culture – Humor" archive section.
  5. Mais en fait, c'est quoi un point Godwin?. Por Nicolas Bégasse. 20 minutes, 8 de fevereiro de 2012.
  6. Comment Mike Godwin a créé le plus célèbre des mèmes, slate.fr, 11 de março de 2013.
  7. «I Seem To Be A Verb: 18 Years of Godwin's Law». Jewcy.com. 30 de abril de 2008 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Internet é um esboço relacionado ao Projeto Internet. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.