Lei de Godwin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mike Godwin

A Lei de Godwin conhecida também como A Regra das analogias nazistas de Godwin (ou ainda em inglês Godwin's law ou Godwin's Rule of Nazi analogies, como é mais conhecida no meio virtual), tem por base uma afirmação feita em 1990 por Mike Godwin,[1] um advogado americano conhecido por formular essa "lei",[2] que diz[3] :

À medida em que cresce uma discussão, a probabilidade de surgir uma comparação envolvendo Adolf Hitler ou o nazismo aproxima-se de 1 (100%).

Há uma tradição em listas de discussões e fóruns segundo a qual, se tal comparação é feita, é porque quem mencionou Hitler ou os nazistas ficou sem argumentos. Portanto, considera-se que perdeu a discussão quem usou essa comparação num argumento.

Tais comparações costumam aparecer em discussões políticas e religiosas.

Referências

  1. Mike Godwin (Outubro de 1994). «Meme, Counter-meme» (em inglês). Wired. Consultado em 1 de setembro de 2008. 
  2. No original As a Usenet discussion grows longer, the probability of a comparison involving Nazis or Hitler approaches one.
  3. http://w2.eff.org/Net_culture/Folklore/Humor/godwins.law. Consultado em 2011-08-05.  Falta o |titulo= (Ajuda)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Internet é um esboço relacionado ao Projeto Internet. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Portal A Wikipédia possui o portal: