Leonard Trelawny Hobhouse

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Leonard Trelawny Hobhouse
'
Nascimento 8 de setembro de 1864
St Ive
Morte 21 de junho de 1929 (64 anos)
Alençon
Cidadania Reino Unido
Progenitores
  • Reginald Hobhouse
  • Caroline Salusbury-Trelawny
Cônjuge Nora Hadwen
Filho(s) Reginald Oliver Hobhouse, Leonora Hobhouse, Marjorie Berta Hobhouse
Irmão(s) Emily Hobhouse
Alma mater
Ocupação jornalista, sociólogo, professor universitário, político, filósofo, cientista político,
Empregador Universidade de Londres

Leonard Trelawny Hobhouse (8 de Setembro de 186421 de Junho de 1929) foi um académico e um político liberal britânico. Foi um dos teóricos do novo liberalismo (liberalismo social) juntamente com Thomas Hill Green. Foi o primeiro professor de sociologia de uma universidade britânica em Oxford (1887-1897) e mais tarde na University of London (1907-1929). Foi também um jornalista. Secretário da Free Trade Union (1903-05), escreve no Manchester Guardian e em Tribune (1905-07), aqui como editor político. Rejeita o laissez-faire, mas também se distancia dos fabianos, acusando-se de cederem ao burocratismo.

Ernest Gellner apreciava a sua inteligência e racionalidade e terá dito sobre Hobhouse: "O racionalismo parece ter-lhe saído fumegando pelas orelhas" [carece de fontes?]

Obra[editar | editar código-fonte]

  • Labour Movement (1893)
  • Theory of Knowledge (1896)
  • Democracy and Reaction (1904)
  • Morals in Evolution (1906)
  • Liberalism (1911)
  • Development and Purpose (1913)
  • The Rational Good (1921)
  • The Elements of Social Justice (1922)
  • Social Development (1924)
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.