Leonard Trelawny Hobhouse

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Leonard Trelawny Hobhouse (8 de Setembro de 186421 de Junho de 1929) foi um académico e um político liberal britânico. Foi um dos teóricos do novo liberalismo (liberalismo social) juntamente com Thomas Hill Green e J. A. Hobson. Foi o primeiro professor de sociologia de uma universidade britânica em Oxford (1887-1897) e mais tarde na University of London (1907-1929). Foi também um jornalista. Secretário da Free Trade Union (1903-05), escreve no Manchester Guardian e em Tribune (1905-07), aqui como editor político. Rejeita o laissez-faire, mas também se distancia dos fabianos, acusando-se de cederem ao burocratismo.

Ernest Gellner apreciava a sua inteligência e racionalidade e terá dito sobre Hobhouse: "O racionalismo parece ter-lhe saído fumegando pelas orelhas"

Obra[editar | editar código-fonte]

  • Labour Movement (1893)
  • Theory of Knowledge (1896)
  • Democracy and Reaction (1904)
  • Morals in Evolution (1906)
  • Liberalism (1911)
  • Development and Purpose (1913)
  • The Rational Good (1921)
  • The Elements of Social Justice (1922)
  • Social Development (1924)
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.