Leonel Martiniano de Alencar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Leonel Martiniano de Alencar, primeiro e único barão de Alencar ComC (Rio de Janeiro, 5 de dezembro de 1832, 26 de março de 1921) foi um advogado e diplomata brasileiro.

Filho do senador José Martiniano Pereira de Alencar e Ana Josefina de Alencar, e irmão do escritor José de Alencar.

Foi embaixador plenipotenciário em diversas ocasiões[1] e eleito deputado em 1869.

Títulos nobiliárquicos e honrarias[editar | editar código-fonte]

Agraciado com o grau de comendador da Ordem Militar de Cristo e da Ordem de Isabel, a Católica, além de ter sido elevado a cavaleiro da Imperial Ordem da Rosa e da Imperial Ordem de Cristo. Foi sócio benemérito do IHGB.

Barão de Alencar

Título conferido por decreto imperial em 7 de novembro de 1885.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Título criado por D. Pedro II, Imperador do Brasil por decreto de 07-11-1885 1º Barão de Alencar Leonel Martiniano de Alencar. Foi um advogado e diplomata brasileiro, tendo sido embaixador plenipotenciário em diversas ocasiões e eleito deputado em 1869, foi Filho do senador José Martiniano Pereira de Alencar e Ana Josefina de Alencar, e irmão do escritor José de Alencar.