Libération

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Libération é um jornal de opinião diário publicado em Paris, França. Fundado em 1973 com apoio de Jean-Paul Sartre, que foi seu primeiro editor, o Libération se posicionou na época de seu lançamento à extrema esquerda. Depois da morte de Sartre e após uma crise que quase o levou ao fechamento, mudou para um posicionamento social-democrata. Ainda hoje o Libe (como é chamado amigavelmente por seus leitores) conserva seus princípios progressistas. Em 2013, teve uma circulação de cerca de 101.000 exemplares[1]

A aquisição de Edouard de Rothschild de uma participação de 37% do capital em 2005[2] e a campanha do editor Serge July para o voto "sim" no referendo que estabelecia uma Constituição para a Europa no mesmo ano[3] alienou parte dos seus de esquerda.[4] Sua linha editorial é atualmente de centro-esquerda.[5]

Depois do "utopismo" do início, o jornal não parou de se profissionalizar, para se tornar, no melhor sentido do termo, uma instituição na França. Criador de um estilo feito de independência, insolência, pesquisas de campo e verdadeira relação de cumplicidade com seus leitores, Libération sempre soube ser o reflexo dos movimentos de sociedade de sua época. Como os franceses gostam muito de rádio e televisão, o estilo visual do jornal trata a informação como um “grande acontecimento”, dando muita importância à maquete, ao aspecto visual do jornal. No restante tem uma prática inversa à da televisão já que tem padrão mais analítico. Com muitas reportagens para expor diferentes pontos de vista e abrir colunas para a expressão direta.

O Liberation é o jornal francês com maior investimento na área digital já que seu site é atualizado a cada 30 minutos.

Referências

  1. OJD (ONG francesa responsável pela pesquisa da circulação de jornais).
  2. Acrimed, ed. (31 de janeiro de 2005). «"Libération" tombe sous le charme d'Edouard de Rothschild» (em francês) 
  3. «L'éditorial de Serge July» (em francês). Le Nouvel Observateur. 25 de junho de 2008 
  4. «Un " cri de douleur " de Serge July» (em francês). Les Mots Sont Importants. June 2005  Verifique data em: |data= (ajuda)
  5. «French press rallies behind new President Hollande». BBC. 7 May 2012. Consultado em 22 November 2014  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

site do jornal


Ícone de esboço Este artigo sobre comunicação é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.