Locomotiva 2-6-2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Diagrama do arranjo de rodas 2-6-2.

Uma locomotiva 2-6-2 possui, de acordo com a Classificação Whyte para locomotivas a vapor, um arranjo de rodas consistindo de duas rodas guia em um eixo sem tração, seguidas de seis rodas motrizes, em três eixos, e duas rodas portantes, em um eixo posterior.[1]

Locomotiva Baldwin 2-6-2, “Prairie".

As locomotivas com arranjo 2-6-2, foram planejadas para atender as linhas que cruzavam as pradarias do meio-oeste americano, daí o nome “Prairie”, pelo qual ficaram conhecidas. Seu sucesso foi parcial, sendo mais de 1.500 construídas.[2]

Outras classificações[editar | editar código-fonte]

Outros sistemas de classificação representam o arranjo 2-6-2 com as seguintes notações:[3] Classificação alemã: 1C1 Classificação francesa: 1-3-1

Referências

  1. Centro-Oeste - Ferreomodelismo, Trens e Ferrovias do Brasil. «Classificação de locomotivas a vapor, O sistema de F. M. Whyte» 
  2. Steamlocomotive.com. «2-6-2 "Prairie" Locomotives in the USA» 
  3. Centro-Oeste - Ferreomodelismo, Trens e Ferrovias do Brasil. «Locomotivas a vapor - Classificação Whyte, França, Alemanha» 

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Locomotiva 2-6-2
Ícone de esboço Este artigo sobre locomotiva a vapor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.