Los únicos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Los únicos
Informação geral
Formato Telenovela
Criador(es) Adrián Suar
País de origem  Argentina
Idioma original espanhol
Produção
Diretor(es) Rodolfo Antúnez
Sebastián Pivotto
Produtor(es) Adrián Suar
Adrián González
Produtor(es) executivo(s) Pol-ka Producciones
Roteirista(s) Marcos Carnevale
Paulo Junovich
Mariano Vera
Leandro Calderone
Mariano Vera
Tema de abertura "Los únicos", de Octavio Stampalia/Ledian
Exibição
Emissora de televisão original Argentina Canal 13
Transmissão original 7 de fevereiro de 2011 - 11 de maio de 2012
N.º de temporadas 2
N.º de episódios 243
Cronologia
Alguien que me quiera

Los únicos é uma telenovela argentina produzida pela Pol-ka Producciones e exibida pelo Canal 13 entre 7 de fevereiro de 2011 e 11 de maio de 2012[1].

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Primeira Temporada[editar | editar código-fonte]

Desta vez, os Unicos são recrutados pelo filantropo Alfredo Monterrey (André) que dedicou sua vida à criação e implementação destas equipes em diferentes partes do mundo e é responsável também das operações. A sua missão atual é completar a formação da equipe argentina, cuja residência física é um enigma. Para este fim, deve chamar de "o melhor" com a ajuda de seu fiel assistente de Soraya (Fontan). Eles formam um pelotão único que terá de enfrentar não apenas aqueles que estão tentando desestabilizar o sistema - como o vilão "Livio Muzak" (Belloso) inimigo número um de Monterrey e "Ronco Milevich" (Posca) outra violenta e cruel criminoso - mas também as flutuações nos links próprio grupo, amigável e aqueles que vêm ao romantismo, mesmo sabendo que, de acordo com os protocolos de integração não pode se relacionar afetivamente.

Segunda Temporada[editar | editar código-fonte]

Axel acorda no céu onde ele tenta voltar à vida através de uma porta com grades. Não é um encontro com Deus (Enrique Pinti), que lhe diz para ser enviado de volta à vida, com um novo presente, como punição por erros em sua vida. Os agentes não conseguirá evitar que as detona bomba, apesar de atingirem protegida. No entanto, o dispositivo não foi um explosivo comum, mas continha um produto químico que mataria. Como conseguiu escapar a tempo, o produto químico pouco afetadas. Ele não terminou com as suas vidas, mas, no entanto, rapidamente começam a notar algumas mudanças. Toxic especial a bomba, longe de matá-los, fez mais poderoso: agora os seus dons vai sofrer mutação, e alcançar novos habilidades.Por Enquanto isso, Dreyfus formar a brigada "Anti-Sole" para avançar seus planos malignos.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem Temporadas
1 2
Mariano Martínez Diego Rouvier Principal Convidado
Nicolás Cabré Axel Etcheverry Principal
Griselda Siciliani María Soledad Marini Principal Convidado
Nicolás Vázquez Ruben Hagi Principal
Eugenia Tobal Rosario Ahumada Antagonista
Marcelo Mazzarello Adolfo Fortuna Secundário
Pepe Monje Hugo Albarracín Principal
Victorio D´Alessandro Ciro Funes Principal
María Eugenia Suárez Sofía Reyes Convidada Principal
Pilar Gamboa Violeta Morano Principal
Jimena Barón María Paula "Poly" Said Secundário Convidada
Claudia Fontán Solaya Bismarck Secundário
Arnaldo André Alfredo Monterrey Secundário
Julieta Zylberberg Helena Epstein Secundário Invitada
Marina Bellati Melania "Mela" Rinaldi Secundário
Leo Kreimer Zurdo Antagonista
Carlos Belloso Livio Muzak Antagonista
Favio Posca Ronco Milevich Antagonista
Martín Bossi Patrón Carranza Antagonista
Fabián Gianola Dreyfus Antagonista
Emilio Disi Américo Convidado
Tomás Fonzi Joaquín Ferragut Antagonista
Esteban Prol Pedro Rey Antagonista
Connie Ansaldi Julia Paredes Convidada
La Mona Jiménez El mismo Convidado
Paula Chaves Roxi Convidada
Emilia Attias Mía Horgensen Principal
Marco Antonio Caponi Moro Hunter/Funes Antagonista
Brenda Asnicar Keira Beltrán Principal
Christian Sancho Ramón Principal
Rodrigo Noya Bruno Epstein Secundário
Darío Lopilato Francisco "Pancho" Dreyfus Secundário
Gimena Accardi Dolores Fuertes Convidada
Juan Manuel Guilera Lucas Miller Principal
Elías Viñoles Borja Antagonista
Benjamín Amadeo Cristiano Dergian Convidado
Celine Reymond Uma Bali Antagonista
Chino Darín Marco Montacuarto Antagonista
Nicolás Scarpino Elvis Llano Antagonista
Macarena Paz Francesca Hagi Secundário

Temporadas[editar | editar código-fonte]

Temporada Nº de Episódios Emissão
Estréia Final
1 190 7 de fevereiro de 2011 19 de dezembro de 2011
2 53 15 de fevereiro de 2012 11 de maio de 2012[2]

Audiência[editar | editar código-fonte]

A novela estreou com média de 28,1 pontos, sendo o programa mais visto do dia[3]. Já o último capítulo marcou 21,7 pontos[4].

Já a segunda temporada estreou com um rating de 15,5 pontos[5]. Com a audiência em queda, a novela mudou de horário a partir de 26 de março de 2012, deixando o horário nobre e sendo rebaixada para às 19:00[6].Como a mudança não surtiu o efeito esperado, a emissora apressou o fim da novela[7].

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado
2011 Kids Choice Awards Argentina Melhor ator Nicolas Cabré Indicado
Vilão favorito Favio Posca Venceu
Programa favorito Los Únicos Indicado
Prêmio Tato Ficção diária Los Únicos Indicado
Ator coadjuvante Carlos Belloso Indicado
Prêmio Martín Fierro Melhor telecomédia Los Únicos Venceu
Ator protagonista Nicolás Cabré Indicado
Atriz protagonista Griselda Siciliani Indicado
Ator coadjuvante Arnaldo André Indicado
Participação especial Martín Bossi Indicado
2012 Kids Choice Awards Argentina Ator favorito Victorio D´Alessandro Indicado
Revelação Chino Darín Indicado
Prêmio Tato Revelação Chino Darín Indicado

Referências

  1. «Cómo vivirá el debut el elenco de Los Unicos, la nueva ficción de El Trece» (em espanhol). Ciudad. 7 de fevereiro de 2011. Consultado em 5 de janeiro de 2017 
  2. «Llega el final de "Los Únicos", este viernes» (em espanhol). Exitoina. 11 de maio de 2012. Consultado em 5 de janeiro de 2017 
  3. «Los Unicos debutó con 28.1 puntos de rating y fue lo más visto» (em espanhol). Ciudad. 8 de fevereiro de 2011. Consultado em 5 de janeiro de 2017 
  4. «El misterioso final de Los únicos». La Nacion. 20 de dezembro de 2011. Consultado em 5 de janeiro de 2017 
  5. «Los Únicos y sus nuevos integrantes». La Nacion. 17 de fevereiro de 2012. Consultado em 5 de janeiro de 2017 
  6. «El rating lo hizo: Los únicos, a las 19». La Nacion. 23 de março de 2012. Consultado em 5 de janeiro de 2017 
  7. «El Trece cancela "Los Únicos" por bajo rating» (em espanhol). Exitoina. 10 de abril de 2012. Consultado em 5 de janeiro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]