Ludwig Prandtl

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ludwig Prandtl
Conhecido(a) por Camada limite, singularidade de Prandtl-Glauert, número de Prandtl
Nascimento 4 de fevereiro de 1875
Frisinga
Morte 15 de agosto de 1953 (78 anos)
Gotinga
Nacionalidade Alemão
Alma mater Universidade Técnica de Munique
Prêmios Prêmio Memorial Ackermann-Teubner (1918), Medalha Grashof (1929), Medalha Daniel Guggenheim (1930), Medalha Harnack (1936), Medalha Wilhelm Exner (1951)
Orientador(es) August Föppl[1]
Orientado(s) Jakob Ackeret, Albert Betz, Walter Birnbaum, Paul Richard Heinrich Blasius, Adolf Busemann, Vishnu Madav Ghatage, Den Hartog, Dietrich Küchemann, Kurt Magnus, Theodor Meyer, Hans Multhopp, Max Michael Munk, Johann Nikuradse, Walter Riedel, Hermann Schlichting, Stephen Timoshenko, Walter Tollmien, Theodore von Karman, Karl Wieghardt, Heinrich Peters
Instituições Universidade de Göttingen
Campo(s) Aerodinâmica
Tese 1899: Kipp-Erscheinungen ; Ein Fall von instabilem elastischem Gleichgewicht

Ludwig Prandtl (Frisinga, 4 de fevereiro de 1875Gotinga, 15 de agosto de 1953) foi um físico alemão.

Foi um dos pioneiros da aerodinâmica, tendo desenvolvido a base matemática para os princípios fundamentais da aerodinâmica subsônica na década de 1920. Entre seus estudos mais importantes estão a camada limite, os aerofólios finos e a teoria da linha de sustentação. O número de Prandtl recebeu este nome em sua homenagem.

Ludwig Prandtl em 1904, com seu canal de pesquisas da água de 1,5 metros de comprimento em Hannover. A água era impulsionada por um dispositivo manual acionado por manivela.
Sepultura de Prandtl no Cemitério Municipal de Göttingen

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.