Madraça Attarine

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Madraça Attarine
Pátio da Madraça Attarine
Nomes alternativos Medersa Al-Attarine
Tipo Madraça
Construção 1323–1325
Geografia
País  Marrocos
Cidade Fez
Coordenadas 34° 3' 54.5" N 4° 58' 25" O

A Madraça Attarine (em francês: Medersa Attarine), é uma antiga madraça (escola corânica) de Fez, Marrocos. Foi fundada em 1310 e o edifício foi construído entre 1323 e 1325 pelo sultão merínida Abu Sa'id Uthman II em Fes el Bali (Fez, a velha), a parte mais antiga da almedina de Fez, junto à Universidade al Quaraouiyine. Deve o seu nome ao zoco (bairro de comércio) de perfumes e especiarias vizinho, o Souk El Attarine.[1][2]

A madraça destinava-se a formar os altos funcionários da administração merínida. A planta é clássica, com um pátio rodeado de galerias que dá acesso a uma sala de oração, cuja entrada é decorada com alizares e motivos florais. A abóbada da sala de oração é de madeira e dela pende um candeeiro de bronze do período merínida. O pátio de abluções tem um lavatório de mármore com ricos acabamentos. No andar superior dispõe de 30 quartos destinados aos estudantes. Sobretudo devido aos trabalhos em estuque, zellige e alizares, o pequeno edifício é considerado uma obra prima da arte decorativa.[3]

Referências

  1. Stein, Achva Benzinberg (2007), Morocco: Courtyards and gardens, ISBN 9781580931946 (em inglês), Monacelli Press, p. 124, consultado em 6 de maio de 2015. 
  2. Hoag, John D. (1987), Islamic Architecture, ISBN 9780571148684 (em inglês), Rizzoli. Faber & Faber 
  3. «Madrasa Attarine» (em árabe, espanhol, e francês e inglês). Museu Sem Fronteiras. www.discoverislamicart.org. Consultado em 6 de maio de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Madraça Attarine