Maita Capac

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maita Capac
Mayta Qhapaq
Viracocha.jpg
Inca de Cusco
Reinado 1290 - 1320
Rainha Mama Tancaray
Antecessor Lloque Yupanqui
Sucessor(a) Capac Yupanqui
Dinastia Hurin (Cusco)
Nascimento 1260
  Cusco
Morte 1320 (60 anos)
  Cusco
Pai Lloque Yupanqui
Mãe Mama Cahua


Maita Capac (Quíchua: Mayta Qhapaq, O Melancólico, 1280 -- 1320) [1] [2] foi o quarto Sapa Inca e governador de Cusco . Quando seu pai Lloque Yupanqui morreu, Maita era ainda muito novo para assumir o poder, por isso seu tio assumiu o governo até que atingisse a maturidade.

Vida[editar | editar código-fonte]

Maita nasceu em Cusco, possivelmente em Inticancha, era o único filho de Lloque Yupanqui e Mama Cahua.

Quando chegou a idade adulta se casou com Mama Tacucaray, filha do Curaca de Collagua.

Governo[editar | editar código-fonte]

Os anos iniciais de seu reinado,sob a tutela de seu tio, foi marcado pela guerra contra a etnia rebelde Alcahuisa (também chamados de Alcavisa, [3] ou Alcabisa [4] era uma das etnias que acompanharam Manco Capac em sua peregrinação a Cusco) que terminou após três batalhas. Na última o líder dos Alcahuisa, Ayar Ucho, foi feito prisioneiro, o que encerrou o conflito. Ayar Ucho foi condenado a prisão perpetua e morreu na prisão. [5]

Após atingir a maioridade liderou 12 mil homens que rumaram em direção do lago Titicaca, ali construiu grandes balças e o atravessou com seu exercito encontrando na margem oposta na região de Collao vários povos esparramados pelos campos que se juntaram ao Inca em paz. [6]

Prosseguindo a expedição chegou a uma região chamada Cacyauiri, as tribos ali existentes construíram uma pequena fortaleza de pedra para resistir ao avanço do exercito inca, Maita dividiu seus homens em quatro partes e cercou a fortaleza. [6]

Após algum tempo os sitiados avançaram sobre as tropas do Inca e foram derrotados. Os lideres sitiados pediram clemencia para seu povo ao Inca se colocando como responsáveis pela resistência e que estariam prontos para morrer e que seria uma morte honrosa. Maita Capac acabou por constituir um governo local com os antigos líderes e retornou a sua capital. [6]

Ao voltar para Cusco enviou um grande exército para o oriente a fim de submeter os Omaguas. Este exército chegou a Chuquiapó e Charcas, passando pela região dos Antis. Voltando a Cusco novamente foi organizado outro exército que cruzou o rio Apurimac e subjugou os Chumpihuilkas, os Parinacochas, os Collaguas indo até a região de Arequipa [7].

Conta a história que um de seus capitães ficou fascinado pelo Vale de Arequipa e pediu ao soberano para deixá-lo como governador daquela região. Mayta Capac, respondeu: "Ari Kipay" (sim, pode ficar). Com essa resolução, Arequipa foi incorporada ao Contisuyo, e este capitão conseguiu o apoio de várias tribos que concordaram em fazer parte do Império Incas [7].

Em seu governo Maita Capac conseguiu finalmente trazer todo o Vale do Cusco ao controle Inca. [8]

Maita Capac antes de falecer passara o governo a seu primogênito Tarco Huamán , mas antes que pudesse assumir seu meio-irmão Cápac Yupanqui filho de Mama Tancapay (ou Mama Tacucaray) deu um golpe de estado e assumiu o governo [1].

Os descendentes de Maita Capac formaram um ayllu real chamado Usca Maita. [9]

Precedido por
Lloque Yupanqui
Cápac Inca
Dinastia Hurin Cusco
Manco Capac.jpg

(1290-1320)
Sucedido por
Cápac Yupanqui
Precedido por
Lloque Yupanqui
4º Inca do Curacado de Cusco
(1290-1320)
Sucedido por
Cápac Yupanqui



Referências

  1. a b Juan de Santa Cruz Pachacuti Yamqui Salcamayhua, AN ACCOUNT OF THE ANTIQUITIES OF PERU in Internet Sacred Texts Archive (em inglês) p. 83-85 página visitada em 23/01/2017
  2. Lewis Spence, The Myths of Mexico and Peru, Chapter VI: The Civilization of Old Peru in Internet Sacred Texts Archive (em inglês) página visitada em 23/01/2017
  3. Paul Richard Steele , Catherine J. Allen; Handbook of Inca Mythology (em inglês) ABC-CLIO, 2004 p. 208 ISBN 9781576073544
  4. Catherine Julien, Reading Inca History (em inglês) University of Iowa Press, 2009 p.204 ISBN 9781587294112
  5. Kurt A. Raaflaub, War and Peace in the Ancient World (em inglês) John Wiley & Sons, 2008 p. 336 ISBN 9780470775479
  6. a b c Fernando Ribeiro, Os Incas (em português) Mauad Editora Ltda, 2005 pp. 52-54 ISBN 9788574781754
  7. a b Mayta Capac in Carpeta Pedagogica (em espanhol) página visitada em 24/01/2017
  8. John Middleton, World Monarchies and Dynasties (em inglês) Routledge, 2015 p. 431 ISBN 9781317451587
  9. Garcilaso de la Vega, The Royal Commentaries of the Incas and General History of Peru (em inglês), Hackett Publishing, 2006 p. 97 ISBN 9781603848565
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Maita Capac