Malcolm Williamson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre um compositor australiano. Para o criptógrafo britânico, veja Malcolm Williamson (criptógrafo).
Malcolm Williamson
Nascimento 21 de novembro de 1931
Sydney
Morte 2 de março de 2003 (71 anos)
Cambridge
Cidadania Austrália
Alma mater Conservatório de Música de Sydney, Universidade de Sydney
Ocupação compositor, pianista
Prêmios Comandante da Ordem do Império Britânico

Malcolm Benjamin Graham Christopher Williamson CBE (Sydney, 21 de Novembro de 1931Cambridge, 2 de Março de 2003) foi um compositor australiano. De 1975 até à sua morte foi "Mestre de Música da Rainha".

Williamson nasceu Sydney e estudou no Sydney Conservatorium of Music com Eugene Goossens. Em 1950 mudou-se para Londres onde foi organista, revisor de provas, e pianista de clubes nocturnos. A partir de 1953 estudou com Elisabeth Lutyens.

Obras como "Master of the Queen's Music"[editar | editar código-fonte]

Apesar de ter abrandado o seu ritmo de composição na fase final da sua vida (devido a doença), produziu mesmo assim muitas obras de qualidade.

  • The Valley and the Hill (1976-77)
  • Symphony No. 4 - Jubilee (1977)
  • Jubilee Hymn (1977)
  • The House of Windsor (1977)
  • Mass of Christ the King (1977-78)
  • Lament in Memory of Lord Mountbatten of Burma (1980)
  • Ode for Queen Elizabeth (1980)
  • Richmond Fanfare (1980)
  • Now Is the Singing Day (1981)
  • Mass of St. Margaret of Scotland (1982)
  • Songs for a Royal Baby (1985)

Obras Australianas[editar | editar código-fonte]

Apesar de ter vivido na Grã-Bretanha a maior parte da sua vida, Williamson viajou muito e manteve uma afeição muito forte pela sua terra natal, a Austrália. Escreveu um significativo corpo de música especificamente para ou sobre a Austrália e frequentemente utilizou textos de poetas australianos como James McAuley e Kath Walker.

  • Symphony No. 1 - Elevamini (1956-57)
  • Piano Concerto No. 2 (1960)
  • Symphony for Voices (1962)
  • Piano Concerto No. 3 (1962)
  • The Display (1963)
  • Symphony No. 6 - Liturgy of Homage to the Australian Broadcasting Commission in its Fiftieth Year as University to the Australian Nation (1982)
  • Symphony No. 7 - Symphony for Strings (1984)
  • Lento for Strings (1985)
  • The Dawn Is At Hand (1988)
  • Bicentennial Anthem (1988)
  • The True Endeavour (1988)
  • Requiem for a Tribe Brother (1992)

Lista parcial de obras[editar | editar código-fonte]

Ópera[editar | editar código-fonte]

  • Our Man in Havana (1963), ópera em 3 actos
  • English Eccentrics (1964), ópera de câmara em 2 actos
  • The Happy Prince (1965), ópera em 1 acto, libretto pelo compositor
  • Julius Ceasar Jones (1965-66), ópera infantil em 2 actos, libretto pelo compositor
  • The Violins of Saint Jacques (1966), ópera em 3 actos baseada no romance de Patrick Leigh Fermor, libretto por William Chappell
  • The Brilliant and the Dark (1966), opereta coral, libretto por Ursula Vaughan Williams
  • Dunstan and the Devil (1967), ópera infantil em 1 acto, libretto por Geoffrey Dunn
  • The Growing Castle (1968), ópera em 2 actos, baseado no livro de Augusto Strindberg, libretto pelo compositor
  • Lucky-Peter's Journey (1969), comédia em 3 actos, libretto por Edmund Tracey
  • The Red Sea (1972-73), ópera em 1 acto, libretto pelo compositor

Ballet[editar | editar código-fonte]

  • The Display (1963), coreografado por Robert Helpmann
  • Sun into Darkness (1966), ballet em três actos
  • Perisynthion (1974)
  • Heritage (1985), ballet em três quadros

Cassações ("Cassations" em inglês)[editar | editar código-fonte]

Uma "cassação" (termo inventando por Williamson) é uma ópera em miniatura incluindo participação da audiência. Foram inicialmente pensadas para ensinar às crianças como se compõe uma ópera, tendo a ideia surgido a Williamson enquanto ensinava os seus filhos. Estas peças são ricas e cheias de imaginação, criatividade e divertimento, mas ao mesmo tempo interessante para os músicos e para a audiência. As "cassações" de Williamson obtiveram muito sucesso, que foram apresentadas na Grã-Bretanha, Austrália, França, nos Estados Unidos da América e em muitos outros países.

Orquestral[editar | editar código-fonte]

  • Santiago de Espada (1956), ouverture para orquestra
  • Symphony No. 1 - Elevamini (1956-57), para orquestra
  • Piano Concerto No. 1 (1958), para piano e orquestra
  • Piano Concerto No. 2 (1960), para piano e orquestra de cordas
  • Organ Concerto (1961), para órgão e orquestra
  • Piano Concerto No. 3 (1962), para piano e orquestra
  • Sinfonia Concertante (1962), para três trompetes, piano solo e orquestra
  • Our Man in Havana, Concert Suite (1963), para vozes e orquestra
  • Our Man in Havana, Orchestral Suite (1963/66), para orquestra
  • The Display, Concert Suite (1964), para orquestra
  • Sinfonietta (1965), para orquestra
  • Violin Concerto (1965), para violino e orquestra
  • Concerto Grosso (1965), para orquestra
  • Symphonic Variations (1965), para orquestra
  • Serenade and Aubade (1965), para orquestra de câmara
  • Epitaphs for Edith Sitwell (1966/72), para orquestra de cordas
  • Symphony No. 2 - Pilgrim på havet (1968), para orquestra
  • Symphony No. 3 - The Icy Mirror (1972), para soprano, meio-soprano e dois barítonos, coro e orquestra
  • Concerto for Two Pianos & String Orchestra (1972)
  • Hammarskjöld Portrait (1974), song-cycle para soprano e orquestra de cordas
  • Perisynthion (1974), para orquestra
  • Les Olympiques (1976), song-cycle para meio-soprano e orquestra de cordas
  • Harp Concerto - Au tombeau du martyr juif inconnu (1976) para harpa e orquestra de cordas
  • The House of Windsor, Suite (1977), para orquestra (extracted from the music for the TV series)
  • Symphony No. 4 - Jubilee (1977), para orquestra
  • Fiesta (1978), para orquestra
  • Azure (1978), para orquestra
  • Ochre (1978), para orquestra oo para órgão e orquestra de cordas
  • Symphony No. 5 - Aquerò (1979-80), para orquestra
  • Lament in Memory of Lord Mountbatten of Burma (1980), para violino e orquestra de cordas
  • Ode for Queen Elizabeth (1980), para trio de cordas e orquestra de cordas
  • In Thanksgiving - Sir Bernard Heinze (1982), para orquestra
  • Symphony No. 6 - Liturgy of Homage to the Australian Broadcasting Commission in its Fiftieth Year as University to the Australian Nation (1982), para orquestra
  • Two Pieces (circa 1983), para orquestra de cordas
  • Symphony No. 7 - Symphony for Strings (1984), para orquestra de cordas
  • Cortège for a Warrior (1984), para orquestra
  • Lento for Strings (1985), para orquestra de cordas
  • Bicentennial Anthem (1988), para orquestra
  • Piano Concerto No. 4 (1994), para piano e orquestra
  • A Year of Birds (1995), song-cycle para soprano orquestra
  • With Proud Thanksgiving (1995), para orquestra

Coral[editar | editar código-fonte]

  • Two Motets (1954), parqa coro "a cappella"
  • Adoremus (1959), Christmas cantata para alto e tenor solo, coro e órgão
  • Dawn Carol (1960), para coro "a cappella"
  • Agnus Dei (1961), para coro e órgão
  • Ascendit Deus (1961), para coro e órgão
  • Procession of Psalms (1961), para coro e órgão
  • Tu es Petrus (1961), cantata para narrador, coro e órgão
  • Easter Carol (1962), para coro "a cappella"
  • Let Them Give Thanks (1962), para congregação, coro e órgão
  • O Planctus (1962), para coro "a cappella"
  • Symphony for Voices (1962), para coro "a cappella"
  • The Morning of the Day of Days (1962), para soprano, tenor solo, coro e órgão
  • Wrestling Jacob (1962), para sobrano, coro e órgão
  • Six Christmas Songs for the Young (1963), para coro e piano uníssonos, com percussão opcional
  • Six Wesley Songs for the Young (1963), para coro e piano uníssonos
  • Te Deum (1963), for congregation, para congregação e coro e órgão uníssonos
  • English Eccentrics Choral Suite (1964), para coro duplo "a cappella"
  • Epiphany Carol (1964)
  • Mass of Saint Andrew (1964)
  • Six Evening Hymns (1964)
  • North Country Songs (1965)
  • Psalm of Praise (1965)
  • A Birthday (1966)
  • Jenny Kiss'd Me (1966)
  • Sweet and Low (1966)
  • Six English Lyrics (1967)
  • O Sanctissima (1969)
  • Sonnet "On Hearing the Dies Irae Sung in the Sistine Chapel (1969)
  • The Brilliant and the Dark (1969)
  • Cantate Domino (1970)
  • I Will Lift Up Mine Eyes (1970)
  • Te Deum (1971)
  • Love, the Sentinel (1972)
  • O Jerusalem (1972)
  • The King of Love (1972)
  • The Musicians of Bremen (1972)
  • Together in Unity (1972)
  • Canticle of Fire (1973)
  • Ode to Music (1973)
  • Symphony No. 3 - The Icy Mirror (1973)
  • The World at the Manger (1973)
  • Jubilee Hymn (1977)
  • Mass of Christ the King (1977-78)
  • This Christmas Night (1977)
  • Kerygma (1979)
  • Little Mass of Saint Bernadette (1980)
  • Mass of the People of God (1980)
  • Now Is The Singing Day (1981)
  • Mass of Saint Margaret of Scotland (1982)
  • A Pilgrim Liturgy (1984)
  • Songs for a Royal Baby (1985)
  • Galilee (1987)
  • The True Endeavour (1988)
  • The Dawn Is At Hand (1988-89)
  • Beyond the Sun and the Moon (1990)
  • Easter in St. Mary's Church (1990)
  • Mass of Saint Etheldreda (1990)
  • Requiem for a Tribe Brother (1992)

Instrumental[editar | editar código-fonte]

  • Partita (1950), para piano
  • Variations (1954), para piano
  • Piano Sonata No. 1 (1956)
  • Fons Amoris (1956), para órgão
  • Piano Sonata No. 2 (1957)
  • Piano Sonata No. 3 (1958)
  • Piano Sonata No. 4 (1959)
  • Symphony (1960), para órgão
  • Travel Diaries (1961), para piano
  • Vision of Christ-Phoenix (1962), para órgão
  • Elegy for J.F.K. (1964), para órgão
  • Epitaphs for Edith Sitwell (1966), para órgão
  • Peace Pieces (1971), para órgão
  • Little Carols of the Saints (1972), para órgão
  • Partita on Themes of Walton (1972), para viola
  • Mass of a Medieval Saint (1973), para órgão
  • Haifa Watercolours (1974), para piano
  • The Bridge Van Gogh Painted and the French Camargue (1974), para piano
  • The Lion of Suffolk (1977), para órgão
  • Mass of the People of God - Offertoire - Dialogue des Choeurs (1980), para órgão
  • Hymna Titu (1984), para piano
  • Symphony Day that I have Loved (1994), para harpa

Ligações externas[editar | editar código-fonte]