Manuel Cajuda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manuel Cajuda
Informações pessoais
Nome completo Manuel Ventura Cajuda de Sousa
Data de nasc. 27 de junho de 1951 (67 anos)
Local de nasc. Olhão, Portugal Portugal
Altura 1,81
Informações profissionais
Posição Defesa
Treinador
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1970-1971
1971-1976
1976-1983
Portugal Sambrazense
Portugal Olhanense
Portugal Farense
Times/Equipas que treinou
1988-1989
1989-1989
1989-1990
1990-
1991-1993
1993-1994
1994-1997
1997-1998
1998-2002
2002-2003
2003-2004
2004-
2005-2006
2006-2006
2006-2009
2009-2011
2011-2012
2012-2013
2013-2018
2018
Portugal Portimonense
Portugal Olhanense
Portugal Louletano
Portugal O Elvas
Portugal Torreense
Portugal União Leiria
Portugal Braga
Portugal Belenenses
Portugal Braga
Portugal União Leiria
Portugal Marítimo
Portugal Beira-Mar
PortugalNaval
Egito Zamalek
Portugal Vitória de Guimarães
=Emirados Árabes Unidos Al-Sharjah
Portugal União Leiria
Portugal Olhanense
China Sichuan F.C.
Académico Viseu

Manuel Ventura Cajuda de Sousa ou mais popularmente conhecido como Manuel Cajuda (Olhão, 27 de Junho de 1951) é um treinador de futebol português[1].

Foi jogador de futebol passando por várias equipas portuguesas, onde se destacou ao serviço do SC Farense, clube onde terminou a sua carreira e se iniciou como treinador-adjunto. Trabalhou ao lado de figuras como o búlgaro Hristo Mladenov (Selecionador da Bulgária) e foi treinador do catalão Paco Fortes, do Campeão do Mundo Gil (Brasil) e do internacional húngaro Ferenc Mészáros.

Como treinador principal começou no S.C. Farense, passando por equipas União de Leiria, Sp. Braga, Belenenses, Beira-Mar e Vitória de Guimarães, Zamalek (Egipto), Congqing (China) e Al Sharjah (Emirados). Consagrou alguns títulos e levou várias equipas às competições internacionais (Taça UEFA-Liga dos Campeões da Europa e África e Taça Intertoto).

Manuel Cajuda é um dos treinadores portugueses mais respeitados no seu país. Foi treinador de várias equipas portuguesas com sucesso. As suas aventuras no Al Sharjah FC (Emirados Árabes Unidos) e Zamalek também foram bem sucedidas. A sua simplicidade e personalidade forte, juntamente com a sua capacidade de motivar os jogadores transformou-o num dos mais sabedores treinadores portugueses. Atingiu excelentes resultados em Braga, Leiria e Marítimo, com boas classificações e qualificações para a UEFA Europa League, juntamente com o seu sucesso na Zamalek (Vice - Campeão e Final da Taça) e Al Sharjah (melhor classificação nos últimos dez anos). Cajuda também orientou com sucesso o V. Guimarães, quando assumiu o cargo, o clube estava numa posição baixa na tabela da Segunda Liga, mas conseguiu classificar-se para a Primeira Liga. Na temporada seguinte, conseguiu a qualificação para a Liga dos Campeões Europeus (apuramento) depois de um brilhante terceiro lugar na Primeira Liga. Ele é lembrado como um dos melhores treinadores que orientaram o Vitória de Guimarães, Sp. Braga e Marítimo. Tem uma vasta experiência em todas as competições que participou como UEFA Intertoto Cup, UEFA Europa League, Liga dos Campeões e da Liga dos Campeões Africanos, assim como o futebol asiático, árabe e africano. Ao longo da sua carreira usou diferentes táticas. Como base utiliza o 4-2-3-1, é um fiel intérprete do sistema em movimento, fazendo a sua equipa quando tem a bola variar para 4-3-3 e 3-3-4. A sua tática e a sua estratégia são baseadas numa equipa bem organizada, que joga com a inteligência necessária para saber quando eles têm para atacar ou defender. É um treinador muito gentil para com a imprensa. Manuel Cajuda é um treinador carismático, característica reconhecida pela maioria dos jogadores treinados por ele. Manuel Cajuda gosta de lançar jogadores jovens tal como o fez ao longo da carreira com Quim (guarda-redes do Sp.Braga e da Seleção), Pepe (Real Madrid), Tiago (Benfica, Chelsea, Juventus e Atl. Madrid) e Danny (Zenit). Manuel Cajuda foi uma das mais fortes forte opções para substituir Carlos Queiroz no comando da Seleção Portuguesa de futebol em 2010.

Referências

  1. «Manuel Cajuda no zerozero.pt». Consultado em 12 de dezembro de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]