Manuel Comneno Ducas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Manuel Comneno (desambiguação).

Manuel Comneno Ducas (em grego: Μανουήλ Κομνηνός Δούκας; c. 1187ca. 1241 (54 anos)), geralmente chamado erroneamente de Manuel Ângelo (um nome que ele jamais usou), foi um governante de Tessalônica entre 1230 e 1237 e da Tessália de 1239 até sua morte por volta de 1241.

Vida[editar | editar código-fonte]

Manuel era filho ilegítimo do sebastocrator João Ducas e, por isso, era primo em primeiro grau dos imperadores bizantinos Isaac II Ângelo e Aleixo III Ângelo, e irmão de Miguel I Comneno Ducas e Teodoro Comneno Ducas, do Despotado de Epiro. Provavelmente depois de 1225 ou 1227, recebeu o título de déspota de seu irmão Teodoro. Por volta da mesma época, casou-se, talvez pela segunda vez, com Maria, uma filha ilegítima de João Asen II da Bulgária, ajudando assim a consolidar a aliança de seu irmão com o Império Búlgaro.

Depois da derrota de Teodoro e sua captura pelos búlgaros na Batalha de Klokotnitsa em 1230, Manuel recebeu permissão de João Asen II para governar Tessalônica e suas redondezas com o título de déspota. Em algum momento, Manuel tentou comunicar-se com o papado, mas, em 1232, sua duradoura disputa com o Patriarcado exilado em Niceia foi finalmente resolvida.

Manuel governou pacificamente até 1237, quando seu sogro, já viúvo, casou-se com Irene, a filha de Teodoro, que era seu prisioneiro. Ele e seus filhos foram soltos e resolveram recuperar o trono em Tessalônica. Manuel não conseguiu o apoio do príncipe Godofredo II de Vilearduin de Acaia e foi forçado a fugir para a Ásia Menor.

Depois de um tempo entre os turcos seljúcidas do Sultanato de Rum e no Império de Niceia, Manuel retornou para a Grécia com apoio dos nicenos em 1239 e capturou diversas fortalezas, incluindo Lárissa e Farsalo, das mãos do filho de Teodoro, João Comneno Ducas, estabelecendo-se como governante da Tessália. Teodoro e João tiveram que concordar com uma divisão das terras da família. Quando Manuel morreu em 1241, a região passou para o controle de outro sobrinho, Miguel II Comneno Ducas de Epiro.

Família[editar | editar código-fonte]

Manuel e Maria, filha de João Asen II da Bulgária, Manuel teve pelo menos uma filha:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Manuel Comneno Ducas
Nascimento: ? Morte: ?
Títulos de nobreza
Precedido por:
Teodoro
déspota de Tessalônica
1230–1237
Sucedido por:
João
Precedido por:
João
Tessália
1239–1241
Sucedido por:
Miguel

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • The Oxford Dictionary of Byzantium, Oxford University Press, 1991.
  • P. Lock, The Franks in the Aegean 1204–1500, New York, 1995.
  • K. Varzos, Ē genealogia tōn Komnēnōn, (Thessalonica, 1984), vol. 2, 637-656.