Manuel de la Peña y Peña

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Manuel de la Peña y Peña
Nome nativo Manuel José María de la Peña y Peña
Nascimento 10 de março de 1789
Cidade do México
Morte 2 de janeiro de 1850 (60 anos)
Cidade do México
Cidadania México
Ocupação político, diplomata, juiz, ministro

José Manuel de la Peña y Peña (Cidade do México, 10 de Março de 1789 – Cidade do México, 2 de Janeiro de 1850) foi um político mexicano, tendo ocupado por duas vezes, interinamente, o cargo de presidente do México.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Licenciado em Direito em 1811, junta-se ao movimento independentista em 1820. Foi conselheiro de estado durante a governação de Agustín de Iturbide, tendo sido também senador, congressista e ministro de várias pastas; foi também presidente do supremo tribunal do México. Em 1841 foi encarregado da elaboração do código civil mexicano.

Ocupou pela primeira vez a presidência após a renúncia de Antonio López de Santa Anna em 16 de Setembro de 1847, estabelecendo o governo em Toluca, terminando o seu mandato em 13 de Novembro de 1847. Voltaria a ocupar a presidência de 8 de Janeiro a 3 de Junho de 1848. Assinou o tratado de Guadalupe Hidalgo que pôs fim à guerra Mexicano-Americana.

Precedido por
Antonio López de Santa Anna
Presidente do México (interino)
26 de Setembro a 13 de Novembro de 1847
Sucedido por
Pedro María de Anaya
Precedido por
Pedro María de Anaya
Presidente do México (interino)
8 de Janeiro a 3 de Junho de 1848
Sucedido por
José Joaquín de Herrera