Marcella

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Marcella
Informação geral
Formato Série
Criador(es) Hans Rosenfeldt
Nicola Larder
País de origem  Reino Unido
Idioma original Inglês
Produção
Elenco Anna Friel
Nicholas Pinnock
Sinéad Cusack
Exibição
Emissora de televisão original Reino Unido ITV
Transmissão original 2
N.º de temporadas 16

Marcella é uma série de televisão britânica produzida, escrita e dirigida por Hans Rosenfeldt, um roteirista sueco e criador da série The Bridge. A série foi ao ar na ITV em 4 de abril de 2016. Os episódios estão disponíveis na Netflix em todo o mundo, fora do Reino Unido e da Irlanda, depois de serem transmitido na ITV.[1][2] Em 26 de agosto de 2016, a rede de TV anunciou que uma segunda temporada da série tinha sido encomendada, prevista para estréia em 2017.[3]

Em 2017, Anna Friel ganhou o Emmy Internacional de Melhor Atriz por seu desempenho na série.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Depois de 12 anos de casamento, ela está de volta ao trabalho na polícia e à vida de solteira. Mas o serial killer que ela investigava parece ter voltado também.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recerção[editar | editar código-fonte]

Eliana Souza do jornal O Estado de S. Paulo escreveu que "mais do que mostrar a investigação criminal, a série Marcella traz uma mulher, que não tem nada de heroína, mas é inteligente, forte, capaz de elucidar casos complicados e também uma pessoa com diversos problemas, como nós mortais".[4]

Referências

  1. «'Marcella': programa para os fãs de séries policiais». O Globo. Consultado em 27 de setembro de 2017. 
  2. «Resenha: "Marcella" exagera nos problemas da protagonista». Lançamentos da Netflix. Consultado em 27 de setembro de 2017. 
  3. «'Marcella' é renovada e terá uma segunda temporada». O Globo. Consultado em 27 de setembro de 2017. 
  4. Eliana Souza. «Série 'Marcella' nos faz mergulhar nos dilemas e conflitos de uma policial». O Estado de S. Paulo. Consultado em 12 de junho de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]