Marcelo Zormann

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Tenista Marcelo Zormann
Marcelo Zormann.JPG
Zormann em dezembro de 2014
País  Brasil
Residência Itajaí, Santa catarina, Brasil
Data de nascimento 10 de junho de 1996 (25 anos)
Local de nasc. Lins, São Paulo, Brasil
Treinado por Thiago Alves / Edivaldo Oliveira
Profissionalização 2013
Mão Direita
Prize money US$ 52,614
Página oficial https://marcelozormann.com/
Simples
Vitórias-Derrotas 0-0
Títulos 0
Melhor ranking Nº 467 (13 de junho de 2016)
Ranking atual simples Nº 942 (3 de dezembro de 2018)
Duplas
Vitórias-Derrotas 0-0
Títulos 0
Melhor ranking Nº 264 (6 de agosto de 2018)
Medalhas
Jogos Olímpicos da Juventude
Ouro Nanquim 2014 Duplas
Última atualização em: 9 de dezembro de 2018.

Marcelo Zormann da Silva, (Lins, 10 de junho de 1996)[1] é um tenista brasileiro, campeão do evento de "Duplas Júnior" do Torneio de Wimbledon de 2014.[2][3]

Destro, é considerado uma das promessas do tênis brasileiro, em julho de 2014 ocupava a 13ª posição no ranking juvenil da ITF.[4]

Primeiros passos no tênis[editar | editar código-fonte]

Zormann começou a jogar tênis com cinco anos de idade, em Lins, por influência do avô, seu primeiro treinador e incentivador. Aos 14 anos, mudou-se para Rio Preto para treinar com Edvaldo Oliveira e, com ele, conquistou um dos títulos mais importantes do circuito juvenil, o Banana Bowl, na categoria 16 anos. Em 2014, foi campeão de duplas em Wimbledon Junior e medalha de ouro, também em duplas, nos Jogos Olímpicos da Juventude em Nanquim, na China. Como profissional, tem 3 títulos de nível future.

Torneios internacionais[editar | editar código-fonte]

Participou dos torneios de juniores em Roland Garros em 2013 e 2014,[5] Mont Marsan (França)[6] e Wimbledon[7]

Em Wimbledon, se tornou o primeiro brasileiro a se tornar campeão juvenil nas duplas deste torneio, junto com Orlando Luz.[8][9]

Em agosto de 2014 participa do Tênis nos Jogos Olímpicos de Verão da Juventude de 2014, em simples masculino e dupla masculina, novamente com Orlando Luz, classificado pela sua boa colocação no ranking da ATP[10]. Venceu o ouro em dupla com Orlandinho[11].

Marcelo Zormann com a taça recebida pela vitória em duplas júnior com Orlando Luz, em Wimbledon

Em setembro do mesmo ano participou do US Open, sem muito sucesso em simples e duplas[12]. Participou também na vitória sobre a Espanha pela Copa Davis, mesmo sem jogar.[13] A partir de outubro já participa de torneios profissionais, começando pelo Espírito Santo.

Triunfos[editar | editar código-fonte]

Profissional[editar | editar código-fonte]

Challengers e Futures[editar | editar código-fonte]

Simples 6 (3-3)[editar | editar código-fonte]
Legenda
Challengers (0-0)
ITF Futures (3–3)
Resultado No. Data Torneio Superfície Oponente Placar
Campeão 1. 19 de outubro de 2013 Brasil Brasil F12, Montes Claros Saibro Brasil Caio Silva 6–3, 6–3
Finalista 1. 15 de junho de 2014 França França F10, Mont-de-Marsan Saibro França Medy Chettar 4–6, 4–6
Campeão 2. 13 de setembro de 2015 Croácia Croácia F15, Bol Saibro Sérvia Miki Jankovic 6–4, 6-2
Finalista 2. 1 de novembro de 2015 Brasil Brasil F6, Porto Alegre Saibro Brasil Carlos Eduardo Severino 6-3, 3–6, 4–6
Campeão 3. 15 de agosto de 2016 Argentina Argentina F6, Villa del Dique Saibro Argentina Federico Coria 6–4, 7-6(7-5)
Finalista 3. 13 de maio de 2018 Brasil Brasil F3, Brasília Saibro Brasil Oscar Jose Gutierrez 2-6, 2–6
Duplas 25 (15-10)[editar | editar código-fonte]
Legenda
Challengers (0-0)
ITF Futures (15–10)
Resultado No. Data Torneio Superfície Parceiro Oponentes Placar
Finalista 1. 18 de outubro de 2013 Brasil Brasil F12 Saibro Brasil Luís Britto Brasil Gabriel Vellinho Hocevar
Brasil Rafael Matos
5–7, 5–7
Campeão 1. 15 de junho de 2015 Brasil Brasil F2, Itajaí Duro Brasil Rafael Matos Brasil Felipe Meligeni
Brasil Igor Marcondes
5–6(5-7), 6–2, [10-8]
Finalista 2. 17 de agosto de 2015 Itália Itália F23, Este Duro Brasil Rafael Matos Áustria Maximilian Neuchrist
Áustria Tristan-Samuel Weissborn
2–6, 6–3, [8-10]
Campeão 2. 6 de setembro de 2015 Croácia Croácia F14, Bol Saibro Brasil Rafael Matos Hungria Gabor Borsos
Hungria Adam Kellner
6–3, 2-6, [10-5]
Campeão 3. 6 de setembro de 2015 Brasil Brasil F6, Porto Alegre Saibro Brasil Orlando Luz Brasil Ricardo Hocevar
Brasil Carlos Eduardo Severino
3-6, 6-3, [10-6]
Campeão 4. 8 de maio de 2016 Argentina Argentina F5, Villa Maria Saibro Brasil João Pedro Sorgi Argentina Mariano Kestelboim
Argentina Matias Zukas
6-2, 3-6, [10-2]
Campeão 5. 15 de maio de 2016 Argentina Argentina F6, Villa Del Dique Saibro Brasil João Pedro Sorgi Brasil Oscar Jose Gutierrez
Argentina Gabriel Alejandro Hidalgo
6-2, 6-3
Campeão 6. 22 de maio de 2016 Argentina Argentina F7, Córdoba Saibro Brasil João Pedro Sorgi Argentina Guillermo Rivera-Aránguiz
Chile Juan Carlos Saez
6-4, 3-6, [11-9]
Campeão 7. 17 de dezembro de 2016 Uruguai Uruguai F3, Salto Saibro Brasil Orlando Luz Uruguai Marcel Felder
Argentina Gabriel Hidalgo
7-6(7-2), 6-4
Campeão 8. 29 de abril de 2017 Espanha Espanha F11, Majadahonda Saibro Brasil Rafael Matos Espanha Alberto Romero de Ávila Senise
Espanha Miguel Semmler
3-6, 7-6(7-5), [11-9]
Campeão 9. 24 de junho de 2017 Itália Itália F18, Sassuolo Saibro Brasil Orlando Luz Itália Marco Bortolotti
Itália Walter Trusendi
6-3, 6-3
Finalista 3. 5 de agosto de 2017 Portugal Portugal F14, Porto Saibro Brasil Rafael Matos Portugal Tiago Cacao
Portugal Nuno Deus
6-2, 4-6, [8-10]
Campeão 10. 24 de agosto de 2017 Espanha Espanha F25, Vigo Saibro Brasil Rafael Matos Espanha Marc Fornell-Mestres
Espanha Marc Giner
6-3, 7-6(7-4)
Finalista 4. 18 de setembro de 2017 Tunísia Tunísia F27, Hammamet Saibro Brasil Luis Britto Finlândia Harri Heliovaara
Estados Unidos Evan Zhu
1-6, 4-6
Finalista 5. 25 de setembro de 2017 Tunísia Tunísia F28, Hammamet Saibro Brasil Luis Britto França Laurent Rochette
Espanha Pol Toledo Bague
4-6, 1-6
Finalista 6. 9 de outubro de 2017 Tunísia Tunísia F30, Hammamet Saibro Brasil Rafael Matos Itália Cristian Carli
Croácia Nino Serdarucic
7-6(8-6), 4-6, [7-10]
Campeão 11. 18 de novembro de 2017 Brasil Brasil F2, Santos Saibro Brasil Orlando Luz Brasil Caio Silva
Brasil Thales Turini
6-3, 6-3
Campeão 12. 26 de novembro de 2017 Brasil Brasil F3, São Paulo Saibro Brasil Rafael Matos Brasil Caio Silva
Brasil Thales Turini
7-6(8-6), 5-7, [10-8]
Finalista 7. 17 de março de 2018 Turquia Turquia F10, Antalya Saibro Brasil Rafael Matos Itália Antonio Massara
Colômbia Cristian Rodríguez
3-6, 6-7(3-7)
Finalista 8. 24 de março de 2018 Turquia Turquia F11, Antalya Saibro Brasil Rafael Matos Turquia Altug Celikbilek
Turquia Cem Ilkel
6-1, 4-6, [8-10]
Campeão 13. 28 de abril de 2018 Brasil Brasil F1, São José do Rio Preto Saibro Brasil Rafael Matos Brasil Pedro Bernardi
Brasil Daniel Dutra da Silva
6-1, 6-4
Campeão 14. 5 de maio de 2018 Brasil Brasil F2, São Paulo Saibro Brasil Rafael Matos Brasil Eduardo Dischinger
Brasil Wilson Leite
7-5, 3-6, [10-4]
Campeão 15. 19 de maio de 2018 Brasil Brasil F4, Curitiba Saibro Brasil Rafael Matos Brasil Diego Matos
Brasil Thales Turini
7-6(7-2), 6-3
Finalista 9. 1 de julho de 2018 Chéquia República Checa F4, Pardubice Saibro Brasil Rafael Matos Hungria Garbor Borsos
Áustria David Pichler
6-1, 2-6, [6-10]
Finalista 10. 22 de julho de 2018 Alemanha Alemanha F8, Kassel Saibro Brasil Orlando Luz Brasil João Souza
Espanha David Vega Hernandez
1-6, 4-6

Júnior[editar | editar código-fonte]

Olimpíadas da Juventude[editar | editar código-fonte]

Duplas[editar | editar código-fonte]
Resultado Ano Campeonato Superfície Parceiro Oponentes Placar
Ouro 2014[14] Jogos Olímpicos da Juventude Duro Brasil Orlando Luz Rússia Karen Khachanov
Rússia Andrey Rublev
7–5, 3–6, [10–3]

Grand Slam[editar | editar código-fonte]

Duplas[editar | editar código-fonte]
Zormann e Orlando Luz no Prêmio Brasil Olímpico 2014
Resultado Ano Campeonato Superfície Parceiro Oponentes Placar
Campeão 2014 Wimbledon Grama Brasil Orlando Luz Estados Unidos Stefan Kozlov
Rússia Andrey Rublev
6–4, 3–6, 8–6

Outros títulos[editar | editar código-fonte]

Simples[15]
  • Copa Santa Catarina (2012)
  • Copa Guga Kuerten (2012)
  • Torneo Sudamericano Individual ITF Grado B1 Copa La Razón (2014)
Duplas[15]
  • Campeonato Internacional de Tênis de Porto Alegre GA (com Orlando Luz - 2013)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Marcelo Zormann». Oficial site RG. Consultado em 6 de julho de 2014 
  2. «Orlandinho e Zormann faturam 27º Slam brasileiro». Tennis Brasil. 6 de Julho de 2014. Consultado em 6 de Julho de 2014 
  3. «Wimbledon: juvenis do Brasil vencem e derrubam uma escrita de 48 anos». Sportv. 6 de julho de 2014. Consultado em 7 de julho de 2014 
  4. Tenisbrasil (7 de julho de 2014). «Orlandinho é 3º, Zormann sobe no ranking juvenil». Tenisbrasil. Consultado em 8 de julho de 2014 
  5. Gustavo Loio (2 de junho de 2014). «Marcelo Zormann vence na estréia em Roland Garros». O Globo-Esportes. Consultado em 6 de julho de 2014 
  6. «Zormann vence no aniversário de 18 anos». Site Confederaão Brasileira de Tênis. 10 de junho de 2014. Consultado em 6 de julho de 2014 
  7. «Player Profiles». Winbledon Official Website. 2014. Consultado em 6 de julho de 2014 
  8. Orlandinho e Zormann faturam 27º Slam brasileiro
  9. Wimbledon: juvenis do Brasil vencem e derrubam uma escrita de 48 anos
  10. Paulo Roberto Conde (15 de agosto de 2014). «Com mira em 2016, revelações do país participam dos Jogos da Juventude». Folha de S.Paulo. Consultado em 15 de agosto de 2014 
  11. «Dupla masculina conquista ouro no tênis em Nanquim». Portal Brasil. 24 de agosto de 2014. Consultado em 7 de outubro de 2014 
  12. Fernandes (4 de setembro de 2014). «Zormann cai nas simples e duplas do US Open e pensa na Copa Davis». Tenis Virtual. Consultado em 7 de outubro de 2014 
  13. «Brasil tem equipe definida para enfrentar Espanha na Copa Davis». Portal Brasil. 3 de setembro de 2014. Consultado em 7 de outubro de 2014 
  14. Thierry Gozzer (24 de agosto de 2014). «No tie-break, Orlandinho e Zormann fazem história». Globo Esporte. Consultado em 24 de agosto 2014 
  15. a b «Marcelo Zormann». ITF.com. Consultado em 6 de julho de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]