Marcha Nacional pela Igualdade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marcha Nacional pela Igualdade
Logotipo oficial do evento
Participantes Lésbicas, homossexuais, bissexuais e transgêneros (LGBT), além de simpatizantes e ativistas dos direitos de homossexuais.
Localização Washington
Data 11 de Outubro de 2009 (Dia Nacional de Sair do Armário)
Resultado O evento teve dois resultados significativos:

A Marcha Nacional pela Igualdade foi uma manifestação política ocorrida em 11 de Outubro de 2009 na capital dos Estados Unidos, Washington.

O apelo era para que a comunidade LGBT conquistasse os mesmos direitos de casais e pessoas heterossexuais, em todas as questões, nos 50 estados e o Distrito de Colúmbia.[1] O evento foi organizado pelo ativista David Mixner e Clever Jones,[2] através da organização América Através da Igualdade e da Campanha Courage. Kip Williams e Robin McGehee foram co-diretores do evento.[3] Essa foi a primeira marcha nacional em Washigton, por direitos LGBT desde 2000.[4]

Muitos grupos junataram-se para a organização do evento que coincidiu com o Dia Nacional de Sair do Armário, em 11 de Outubro e marca onze anos desde o assassinato de homossexuais ocorrido na Universidade de Wyoming, por Matthew Shepard, que chamou a atenção nacional para a necessidade de leis contra crimes de ódio.

A América Através da Igualdade, que fiscalizou o evento patrocinado pela ONG Tides Center, afirmou pretender desenvolver uma rede de organizações em cada um dos 435 distritos congressionais dos Estados Unidos.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Centenas de milharesd e ativistas dos direitos LGBT marcharam em 11 de Outubro de 2009, em frente à Casa Branca e Capitólio dos Estados Unidos, exigindo que o presidente Barack Obama mantenha suas promessas de permitir a livre participação de gays nas forças armadas e trabalhar para acabar com a discriminação contra Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros.[5] Diferente da primeira vez em março de 1979 e outras em 1987, 1993 e 2000, que incluia apresentações e a presença de celebridades, chegando a atrair 500.000 pessoas, o evento de 2009, objetivava ser conduzido por esforços populares e deveria ser mais discreto.[6] Embora não tenha sido realizado uma contagem oficial, estima-se que cerca de 200.000 pessoas participaram do evento.[5] Muitos organizadores se revoltaram devido a Proposição Califórnia 8, que revoga os direitos dos homossexuais de se casarem no estado.[6]

Discursos[editar | editar código-fonte]

Após a marcha foi organizado um comício em frente ao Capitólio e contou com mais de 30 oradores, incluindo:

Marcha Nacional pela Igualdade.

Menções e Apóio[editar | editar código-fonte]

A Marcha Nacional para a Igualdade, foi aprovada por muitas das principais organizações LGBT dos Estados Unidos, incluindo a Aliança Gay e Lésbica Contra a Difamação, Companhia dos Direitos Humanos, Igrejas da Comunidade Metropolitana, a Força-Tarefa Nacional de Gays e Lésbicas, e Pais, Famílias e Amigos de Gays e Lésbicas. Além disso, o evento teve o apoio de outras organizações, como o sindicato de atores dos Estados Unidos, incluindo membros do do sindicato. Além desses, a marcha foi apoiada por outros indivíduos e políticos, como o líder da maioria no Senado, Harry Reid, líderes religiosos, como o rabino e presidente da União pela Reforma do Judaísmo, Eric Yoffie, entre outros.

Referências

  1. a b National Equality March™ « Equality Across America Equality Across America. Página visitada em 28 de Março de 2010.
  2. Towleroad Cleve Jones Calls for March « Equality Across America Cleve Jones (12 de Maio de 2009). Página visitada em 28 de Março de 2010.
  3. The Bay Area Reporter Online « National Equality March - draws 100,000 to DC Bob Roehr (15 de Outubro de 2009). Página visitada em 28 de Março de 2010.
  4. The Bay Area Reporter Online « National Equality March Seth Hemmelgarn (1 de Janeiro de 2009). Página visitada em 28 de Março de 2010.
  5. a b Gay March on Washington Attracts Younger Generation - TIME John Cloud, para a Time (12 de Outubro de 2009). Página visitada em 28 de Março de 2010.
  6. a b FOXNews.com - Gay Rights Advocates March on D.C., Demand That Obama Keep His Pledges AP (11 de Outubro de 2009). Página visitada em 28 de Março de 2010.
Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons