Margaret Preston

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Margaret Preston
Nascimento 29 de abril de 1875
Adelaide
Morte 28 de maio de 1963
Sydney
Cidadania Austrália
Ocupação artista, pintor

Margaret Preston, nasceu Margaret Rose McPherson (29 de abril de 1875, em Adelaide, Austrália - 28 de maio de 1897, Sydney), artista australiana.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida Margaret Rose McPherson em Port Adelaide em 29 de abril de 1875, Preston era filha do engenheiro David McPherson e de Prudence Lyle. Aos 30 anos, após a morte de seus pais, Preston foi para a Europa onde algumas de suas pinturas foram expostas nos salões de Paris em 1905 e 1906. Suas principais influências eram os pós-impressionistas franceses, e depois o cubismo e a arte nipônica. Após a Primeira Guerra Mundial ela encontrou William Preston, com quem se casou em 1919. O casal viajava constantemente e freqüentemente coletava material das tribos aborígenes da Austrália. Suas gravuras em madeira se tornaram a maior expressão da arte moderna australiana, mas seus trabalhos mais famosos são suas pinturas a óleo modernistas. Em 1923 ela começou a advogar por uma arte nacional que envolvesse mais a cultura aborígene e constantemente usava pessoas desse povo como figuras em suas pinturas[1]. Nos anos 40 ela começou a usar linhas mais simples e uma paleta de cores mais terrosa em suas paisagens a óleo, influenciada pela arte aborígene. Preston faleceu em 28 de Maio de 1963, deixando uma vasta obra e sendo uma das artistas mulheres mais lembradas da Austrália[2].

Formação[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Margaret Preston

Margaret Rose McPherson mudou-se para Sydney em 1885, onde frequentou o colégio Fort Street Girl's High School por dois anos, já demonstrando interesse pelas artes. Teve aulas particulares com William Lister Lister.[3] Mais tarde, aos 52 anos, a artista viria a escrever sobre a sua infância e quando desenvolveu seu interesse em arte no artigo "From Eggs to Eletrolux", em 1927. Ali, ela descreve a sua primeira visita à Galeria de Arte de South Wales, quando tinha 12 anos. Era:

"um lugar grande, quieto, com um odor agradável, com muitas pinturas penduradas nas paredes e aqui e ali estudantes sentados em bancos altos, copiando de seus cavaletes. [Minha] primeira impressão não foi de beleza do maravilhamento das pinturas, mas de quão legal deve ser sentar em um banco alto com pessoas te olhando enquanto passam... A visita me guiou à decisão de ser uma artista."[3]

Seguindo suas aulas com Lister, Preston foi estudar na National Gallery of Victoria Art School de 1889 a 1894.[2] Seus estudos foram interrompidos entre os anos de 1894 e 1895, devido à doença e morte de seu pai.[3] Quando voltou à escola, começou a trabalhar com Bernard Hall.[2] Mostrou uma forte preferência por pintar natureza morta em vez de pessoas e, em 1897, ganhou a bolsa de estudos Natureza Morta, que garantiu-lhe um ano de estudos gratuito. Em 1898, transferiu-se para a Adelaide's School of Design, onde estudou com H. P. Gill e Hans Heysen.[3][2]

Docência[editar | editar código-fonte]

Durante o início de sua carreira, Preston ensinou arte para sustentar a si mesma e para ajudar a família.[4][2] Ela começou dar aulas particulares enquanto estudava na Adelaide's School of Design, montando seu próprio estúdio em 1899.[3][2] Mais tarde, lecionou na St Peter's College e na Presbyterian Ladies' College, ambos em Adelaide. Entre suas alunas estavam artistas notáveis, como Bessie Davidson, Gladys Reynell e Stella Bowen. Gladys Reynell e Stella Bowen assistiram às suas aulas em 1908.[2]

Referências

  1. Melbourne, The University of. «Preston, Margaret Rose - Woman - The Encyclopedia of Women and Leadership in Twentieth-Century Australia». www.womenaustralia.info (em inglês). Consultado em 22 de setembro de 2017 
  2. a b c d e f g Seivl, Isobel. «Preston, Margaret Rose (1875–1963)». Canberra: National Centre of Biography, Australian National University. Australian Dictionary of Biography 
  3. a b c d e «Margaret Preston – Australian Artist  » Life & Work». www.margaretpreston.info (em inglês). Consultado em 23 de setembro de 2017 
  4. «NLA Australian Government Web Archive». webarchive.nla.gov.au. Consultado em 23 de setembro de 2017