Matthew Flinders

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Matthew Flinders
Nascimento 16 de março de 1774
Morte 19 de julho de 1814 (40 anos)
Londres
Cidadania Reino Unido
Ocupação explorador, cartógrafo, botânico

Matthew Flinders (Donington, 16 de Março de 1774Londres, 19 de Julho de 1814) foi um reputado navegador e cartógrafo britânico. Nos seus vinte e poucos anos de carreira na Marinha Britânica, navegou com o capitão William Bligh, circum-navegou a Austrália, sobreviveu a um naufrágio e foi prisioneiro dos franceses na ilha Maurícia durante quase sete anos.

Biografia[editar | editar código-fonte]

As viagens de Matthew Flinders à volta da Austrália
Vista de Port Jackson no livro A Voyage to Terra Australis, por Matthew Flinders

Embora Flinders não tenha sido o primeiro a empregar a palavra Austrália para denominar a ilha-continente, foi um firme defensor do seu uso, e a sua obra Uma viagem à Terra Australis (1814) popularizou o topónimo Austrália, o qual acabaria por se impor como oficial em 1824. No entanto, Flinders nunca testemunharia este acontecimento, pois faleceu no dia seguinte ao da publicação do seu livro, aos 40 anos de idade.

Flinders tinha uma cópia da obra de Alexander Dalrymple, de 1771, intitulada An Historical Collection of Voyages and Discoveries in the South Pacific Ocean, e parece ter usado o nome Austrália a partir daqui, mas exclusivamente para a ilha-continente, não para toda a região do Pacífico Sul. Em 1804 escreveu a seu irmão: "Chamo a toda a ilha Austrália, ou Terra Australis" e mais tarde enviou uma carta a Sir Joseph Banks onde mencionava "o meu mapa geral da Austrália."

O Lago Hillier foi descoberto durante uma expedição comandada por Matthew Flinders, em 1802.

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Matthew Flinders