Mauricio Baldivieso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mauricio Baldivieso
Informações pessoais
Nome completo Mauricio Baldivieso Ferrufino
Data de nasc. 22 de julho de 1996 (19 anos)
Local de nasc. Cochabamba La Paz,  Bolívia
Nacionalidade  Bolívia
Altura 1,64 m
Apelido Ferrufin
Informações profissionais
Clube atual Bolívia Wilstermann
Posição Meio-Campista
Clubes de juventude
2007-2009 Bolívia Aurora
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2009-2013
2012
2013-2014
2015
2015-
Bolívia Aurora
Bolívia Club Real Potosí (emp.)
Bolívia Nacional Potosí
Bolívia Universitario de Sucre
Bolívia Wilstermann
00019 0000(3)
0005 0000(0)
00016 0000(0)
0003 0000(1)
0000 0000(0)
Seleção nacional
2015- Bolívia Bolívia Sub-20 0001 0000(0)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 3 de Junho de 2012.


Mauricio Baldivieso Ferrufino (Cochabamba, 22 de julho de 1996) é um futebolista boliviano que atualmente atua no Nacional Potosí, da Bolívia. Atua como meia. É o jogador mais jovem da história.

Mauricio é filho do ex-jogador boliviano e ex-técnico do Aurora, Julio César Baldivieso.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Baldivieso é o jogador mais jovem da história do futebol, tendo disputado a sua primeira partida em 19 de julho de 2009, apenas alguns dias antes completar seu 13º aniversário. Ele entrou aos 36 minutos do segundo tempo no jogo entre Aurora e La Paz, vencido pelo La Paz por 1x0. "Isso é histórico", noticiou o jornal "La Prensa" na dia seguinte.

Com cinco em minutos em campo ele foi brutalmente agredido pelo adversário Henry Alaca, machucando gravemente o tornozelo de Baldivieso, que chorou muito, mas continua a jogar [2] .

Ele teve seu contrato rescindido em 23 de julho de 2009, quando o seu pai Julio César Baldivieso foi demitido do Aurora [3] .

Durante a semana seguinte, em razão das reações provocadas pela precoce estréia do jovem, a diretoria do Club Aurora proibiu sua participação no restante do Torneio Clausura. Em razão disso, pai e filho se desligaram do clube.

Em 31 de julho de 2011, em uma partida frente ao Jorge Wilstermann, e novamente com seu pai como técnico, entrou aos 89 minutos, com o marcador de 3-0 a favor do Aurora. Assim, em 2012 regressou às fileiras do Club Aurora, onde atuou como titular. Mauricio se tornou o mais jovem jogador a estrear em um torneio internacional, jogando pelo Club Aurora contra o Cerro Largo do Uruguai, em 26 de julho de 2012, em jogo pela Copa Sul-Americana de 2012, entrando como titular desde o início da partida, com a idade de 16 anos. Nesse ano foi reconhecido pela Liga de Fútbol Profesional Boliviano, como o jogador juvenil com mais tempo em jogo no torneio Apertura, mostrando sua qualidade no terreno de jogo fazendo várias assistências e gols, incluindo três gols como visitante contra as equipes do Bolívar e The Strongest.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Até 3 de junho de 2011.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Clube Temporada Campeonato Copa Competições Outros Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Bolívia Aurora 2011 1 0 1 0
Total 1 0 1 0
Total na carreira 1 0 0 0 0 0 0 0 1 0

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • [
Bandeira de BolíviaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas bolivianos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.