Mauricio Funes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mauricio Funes
Mauricio Funes
Presidente de El Salvador
Período 1 de junho de 2009 - 1 de junho de 2014
Antecessor(a) Antonio Saca
Sucessor(a) Salvador Sánchez Cerén
Dados pessoais
Nascimento 18 de outubro de 1959 (57 anos)
San Salvador, El Salvador
Primeira-dama Vanda Pignato
Partido Frente Farabundo Martí de Libertação Nacional - FMLN
Profissão Jornalísta

Carlos Mauricio Funes Cartagena (San Salvador, 18 de outubro de 1959) é um jornalista e político salvadorenho, ex-presidente do seu país. A eleição de Mauricio Funes, em 15 de março de 2009, pôs fim a vinte anos de hegemonia da direita em El Salvador.[1]

Funes foi o candidato da Frente Farabundo Martí de Libertação Nacional (FMLN). O partido, derivado da organização guerrilheira homônima, foi criado em 1992, ao fim de 12 anos de guerra civil.[1] A vitória nas urnas veio na quarta tentativa da FMLN de conquistar a presidência do país.[1]

Até pouco antes de ser candidato a presidente, Funes era correspondente da cadeia de notícias CNN en Español, em El Salvador. Foi diretor de notícias e dirigiu programas de grande audiência no Canal 12 local.

Mauricio Funes é casado com a brasileira, de São Paulo, Vanda Pignato, representante do Partido dos Trabalhadores (PT) para a América Central.[2] Sua campanha eleitoral foi realizada por João Santana, marqueteiro das campanhas de Luiz Inácio Lula da Silva em 2006 e de Dilma Rousseff em 2010.[3]

Uma pesquisa divulgada em 5 de abril de 2010, realizada pela Consulta Mitofsky,[4] apontou Maurício Funes como sendo o governante mais popular das Américas, com 83% de aprovação.[5]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Antonio Saca
Presidente de El Salvador
2009 - 2014
Sucedido por
Salvador Sánchez Cerén