McLaren P1

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
McLaren P1
Paris Motor Show 2012 (8065253081).jpg
Visão Geral
Produção 2013-
Fabricante McLaren Automotive
Modelo
Classe Esportivo
Supercarro
Carroceria Coupé 2 portas
Ficha técnica
Motor McLaren M838T V8 3.8 L
Transmissão 7 Marchas
Modelos relacionados
McLaren MP4-12C
Lamborghini Aventador
Lamborghini Veneno
Ferrari LaFerrari
Pagani Huayra
Bugatti Veyron
Porsche 918
Dimensões
Peso 1.490 kg
Cronologia
Último
McLaren F1
Próximo

O McLaren P1 é um Supercarro feito pela fabricante inglesa McLaren Automotive. Ele é o tão esperado sucessor do McLaren F1. O estilo do P1 foi influenciado pelo McLaren MP4-12C, com mudanças na carroceria que ajudam na aerodinâmica e o deixam mais agressivo, e o formato dos faróis dianteiros lembram o logotipo da marca.

Sem muitas informações oficiais, fontes indicam que o motor é o mesmo V8 Twin-turbo do MP4-12C chegando a 737 cavalos e um sistema KERS de 179 cv. Isso ajudaria o P1 a ter uma velocidade máxima teórica de 384 km/h (239 mp/h).

O carro foi apresentado pela McLaren no Geneva Motor Show 2013 e teve 375 Unidades produzidas.[1]

Variações[editar | editar código-fonte]

Mclaren P1 GTR

Mclaren P1 GTR[editar | editar código-fonte]

Comemorando 20 anos desde a sua vitória nas 24 Horas de Le Mans em 1995, a Mclaren anunciou que iria ressucitar o nome GTR com o lançamento de uma versão voltada para as pistasdo modelo P1, batizada P1 GTR.

A Mclaren P1 GTR só esteve disponível para os 375 proprietários do modelo P1, e teve somente 35 unidades produzidas.[2] O conceito da P1 GTR fez sua primeira aparição no Concours d'Elegance de Pebble Beach, de 2014. A versão oficial da P1 GTR foi revelada no Salão de Genebra de 2015, custando £1,9 milhões de libras.[2]

A Mclaren afirma que este é o carro mais poderoso já produzido pela marca, com uma potência de 978 cavalos. A P1 GTR também conta com pneus slick, asa traseira fixa e um novo modelo de escapamento. A marca afirma que o novo modelo tem maiores níveis de desempenho, aderência, aerodinâmica e downforce em comparação com o carro de rua, com o intuito de entregar ao piloto a experiência máxima proporcionada por um carro de corrida.[3]

O modelo de produção da Mclaren P1 GTR entrou em produção no ano de 2015, após todas as unidades da P1 convencional serem produzidas.

A P1 GTR pesa 50 kg a menos e têm uma potência 84 cavalos superior à sua versão de rua, apesar de a Mclaren não revelar se o ganho de potência é causado por um novo sistema elétrico ou por modificações no motor V8 bi-turbo de 3.8 L.

Tempos[editar | editar código-fonte]

O tempo da P1 no circuíto de Nürburgring Nordschleife não foi revelado pela marca, mas o carro detém o recorde de carro de produção mais rápido em circuítos como o Circuito das Américas, o Algarve Internacional Circuit, o Anglesey Coastal Circuit e o Circuíto de Silverstone[4]

  1. «Mclaren Automotive - P1 Specifications». 
  2. a b «Mclaren P1 GTR Revealed in Geneva». 
  3. «First look track-focused McLaren P1 GTR interior». 
  4. «Tempos de volta da Mclaren P1 em vários circuítos.».