Mercedes-Benz Classe A

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Mercedes-Benz Classe A
Visão Geral
Produção 1997 - presente
Fabricante Mercedes-Benz, grupo Daimler AG
Modelo
Carroceria Monovolume
Modelos relacionados Mercedes-Benz Classe B
Audi A1
BMW Série 1

O Classe A (A 160 e A 190) é um monovolume compacto da Mercedes-Benz. Foi fabricado no Brasil de 1999 a 2005, na fábrica da marca em Juiz de Fora, tendo sido substituído pela versão importada.

O Mercedes-Benz Classe A é um carro executivo médio (compacto nas duas primeiras gerações) produzido pelo fabricante de automóveis alemão Mercedes-Benz. A primeira geração (W168) foi introduzida em 1997, o modelo de segunda geração (W169) apareceu no final de 2004 e o modelo de terceira geração (W176) foi lançado em 2012. O modelo de quarta geração (W177), lançado em 2018, será a primeira a ser oferecida como hatchback (W177) e sedan (V177).

Originalmente produzida apenas como hatchback de cinco portas em 1997, a segunda geração do W169 introduziu um hatchback de três portas. Nos mercados em que o Classe A é ou foi vendido, ele representou o modelo básico da Mercedes-Benz. Tendo crescido 68 cm desde o modelo original, a terceira geração de classe A de 2012 foi mais longa que a primeira classe de classe B. E, embora às vezes referido pelos fãs como o 'Baby Benz', a própria Mercedes realmente use esse apelido para o Mercedes 190 (W201) de 1982, seu primeiro modelo de carro executivo compacto.

W168 (Primeira geração)[editar | editar código-fonte]

Classe A W168 ( geração)
2003 Mercedes-Benz A170 CDi Avantgarde 1.7 Front.jpg 2003 Mercedes-Benz W168 A170
Visão Geral
Produção 1997 - 2004 (Alemanha)
17 de fevereiro de 1999 - 15 de agosto de 2005 (Brasil)
Fabricante Mercedes-Benz
Montagem Rastatt ,  Alemanha

Juiz de Fora ,  Brasil

Thonburi ,  Tailândia

Modelo
Carroceria Monovolume
Ficha técnica
Motor 1,3, 1,6 e 1,9 litro
Transmissão 5 marchas
Dimensões
Comprimento 3.606 mm
Entre-eixos 2.423 mm
Largura 1.719 mm
Altura 1.587 mm
Peso 1.085 (versão Classic 1.6) e 1.095 (versão Elegance 1.9)
Tanque 54
Cronologia
W169

A produção da Classe A-W168 começou em 1997. Foi também o primeiro veiculo de passageiros com tração dianteira da Mercedes Benz. Com motor dianteiro, e tração dianteira era bastante incomum para a Mercedes. Mais de um milhão de unidades foram vendidas em todo o mundo.

Uma inovação do W168 foi o sistema frontal de absorção nomeado de "sanduíche": no caso de uma violenta colisão frontal, motor e transmissão deslizam para baixo do piso, abaixo da altura dos pedais, não invadindo o habitáculo.

O W168 ficou famoso em 1997, após o tradicional "teste do alce" realizada pela publicação sueca de automóveis Teknikens Värld. Segundo o relatório, o W168 capotou durante a manobra para evitar o atropelamento do "alce". A Mercedes inicialmente negou o problema, mas depois recolheu todas as unidades vendidas até à data (1997) e suspendeu distribuição até que o problema foi resolvido através da adição do controle eletrônico de estabilidade, e modificando a sua suspensão. Isso marcou a estréia mundial de controles de estabilidade em um pequeno automóvel. No entanto, ele foi votado como carro ruim na Grã-Bretanha, no Top Gear Survey 2007 (opinado pelos próprios donos do veículos).

Produção no Brasil[editar | editar código-fonte]

A Mercedes começou com uma primeira fase da campanha do Classe A, tendo início em outubro de 1998, quando começaram a ser veiculados 12 programates de 90 segundos cada, durante 12 domingos seguidos no Fantástico. Essa etapa tinha intenção de divulgar, de modo jornalístico, em formato de documentário, a construção da primeira fábrica de automóveis Mercedes-Benz fora da Alemanha e o lançamento do Classe A. Cada um deles tratava de um assunto específico: design, motor, chassi, aerodinâmica, a escolha de Juiz de Fora, entre outros temas. Foram dirigidos pelo jornalista Luís Fernando Silva Pinto, da Idea Television, de Washington, e realizados nos Estados Unidos, na Alemanha e no Brasil. Em 1999, ano do começo da produção nacional, a marca novamente pôs uma campanha de lançamento do modelo, colocando no ar 5 comerciais de televisão e mais uma série de anúncios de mídia impressa, outdoor e spots de rádio.

Suas vendas atingiram patamares aceitáveis, no começo. Mas seu preço elevado para a época (R$33 mil reais, na versão Classic, básica), aliado à alta do dólar (a maoria das peças eram importadas), o carro foi, a cada ano, vendendo cada vez menos. Acompanhando esse declínio nas vendas, a fábrica de Juiz de Fora estava operando em ociosidade, produzindo apenas 20% de sua capacidade total, quando a previsão era produzir 70.000 carros por ano.

Em 15 de agosto de 2005, a produção do Classe A em Juiz de Fora foi parada, após só 63.402 exemplares fabricados desde 17 de fevereiro de 1999.

Equipamentos de série e opcionais (Classic)[editar | editar código-fonte]

De série
  • Airbag Duplo,
  • Faróis de neblina dianteiros integrados aos faróis,
  • Luz/lanterna de neblina traseira,
  • Freios ABS com EBD e BAS,
  • Controle de Tração ASR,
  • Ar quente,
  • Luzes internas com temporizador e Dimmer,
  • Luz de leitura dianteira,
  • Limpador e lavador do vidro traseiro com desembaçador,
  • Brake Light,
  • Encosto de cabeça para todos os ocupantes,
  • Cinto de segurança traseiro de 3 pontos retrátil,
  • Vidros dianteiros elétricos e trava elétrica das portas.
  • Retrovisores com comando elétrico,
  • Bancos traseiros removíveis (Esse equipamento foi de série somente no primeiro ano de produção).
  • Motor 1.6L 8V 99CV (Após 2001 a potência foi aumentada para 101cv.)
  • Grade Dianteira e Retrovisores externos na cor preta.
  • Rodas aro 15 com calotas.
  • Lanterna traseira tricolor (vermelha, laranja, e branca -> Nos modelos 99 até 2001),
  • Lanterna traseira bicolor fumê (vermelha e transparente fumê -> nos modelos 2002 e 2003),
  • Lanterna traseira bicolor com novo desenho (vermelha e transparente -> nos modelos 2004 e 2005),
  • Tempomat e Speedtronic (Piloto Automático e Controle de Velocidade, disponibilizado no modelo Classic em 2005),
  • Coluna de direção com regulagem de altura (Disponibilizado no modelo Classic em 2005).
Nos modelos 2001, ganhou de série
  • Ar condicionado com recirculação interna e desumidificação do ar (Somente nos modelos Classic ano 1999 era opcional).
  • Travas elétricas com telecomando e chave canivete (Não confundir com alarme!)
Opcionais - Pacote C-2
  • Ar condicionado com recirculação interna e desumidificação do ar
  • Opção de Transmissão AKS (Semi-automático).
  • Travas elétricas com telecomando e chave canivete (Nos modelos 2001 passou a ser item de série)
  • Opção do Motor 1.9 8v 125cv (Vendido de fato somente no ano/modelo 2000/2001, porém existem alguns raros ano modelo 2000 1.9).
Opcionais - Pacote C-3
  • Rádio Toca-Fitas com CODE, Memória de 6 posições e 4 auto-falantes.
  • Transmissão AKS (Semi-automático),
  • Vidros com acionamento elétrico nas 04 portas com função 01 toque,
  • Alarme Perimétrico com telecomando e chave canivete (Somente até o ano 2000),
  • Opção do Motor 1.9 8v 125cv (Vendido de fato somente no ano/modelo 2000/2001, porém existem alguns raros ano modelo 2000 1.9).

Equipamentos de série e opcionais (Elegance)[editar | editar código-fonte]

De Série
  • Airbag duplo
  • Ar condicionado com recirculação interna e desumidificação do ar
  • Alarme Perimétrico com telecomando e chave canivete (aomente até 2000)
  • Faróis de neblina dianteiros integrados aos faróis
  • Luz/lanterna de neblina traseira
  • Freios ABS com EBD e BAS
  • Controle de Tração ASR
  • Ar quente,
  • Coluna de direção com regulagem de altura
  • Luzes internas com temporizador e dimmer
  • Luz de leitura dianteira
  • Limpador e lavador do vidro traseiro com desembaçador
  • Luz de travagem
  • Encosto de cabeça para todos os ocupantes
  • Cinto de segurança traseiro de 3 pontos retrátil
  • Trava elétrica das portas
  • Retrovisores com controle elétrico
  • Bancos traseiros removíveis (Esse equipamento foi de série somente no primeiro ano de produção).
  • Motor 1.6L 8V 99cv (após 2001 a potência foi aumentada para 101 cv)
  • Grade dianteira e retrovisores externos na cor do veículo (até 2002, nos modelos de 2002/2003 a grade dianteira começou a vir pintada na cor prata, e os espelhos na cor do veículo)
  • Rodas aro 15 de liga-leve
  • Vidros elétricos nas 4 portas com função de um toque
  • Lanterna traseira bicolor (vermelha e branca, de 1999 a 2001)
  • Lanterna traseira bicolor com novo desenho (vermelha e branca, de 2002 a 2005)
  • Painel e volante revestido em couro (somente até 2000)
  • Manopla do câmbio com detalhe em preto
  • Soleiras das portas cromadas
  • Volante revestido em couro
  • Maçanetas externas com detalhe cromado
  • Rádio com leitor de CD com CODE, memória de 6 posições e 4 altifalantes
Opcionais - Pacote E-2
  • Transmissão AKS (Semi-automático, disponível até 2002)
  • Opção do motor 1.9 8v 125cv (vendido somente no ano-modelo 2000/2001, após o ano-modelo 2001 passou a ser equipado somente com o motor 1.9)
  • Transmissão automática sequencial com opção de trocas manuais de 5 velocidades (opcional até 2002, ano-modelo 2003 já começou a ser equipado somente com esta transmissão)
  • Tempomat e speedtronic (piloto automático e controle de velocidade, que foi disponibilizado nos modelos com transmissão automática.)
  • Disqueteira para 6 CDs

Equipamentos de série e opcionais (AvantGarde)[editar | editar código-fonte]

Nota Importante: Em 2003 foi lançado o modelo AvantGarde. Este modelo foi lançado como uma opção esportiva do Classe A, e ele foi vendido por alguns meses junto com o modelo Classic 1.9. Porém o Classic 1.9 foi retirado de linha logo em seguida para não roubar as vendas do AvantGarde.

De série
  • Airbag Duplo,
  • Ar condicionado com recirculação interna e desumidificação do ar
  • Telecomando e chave canivete,
  • Tempomat e Speedtronic (Piloto Automático e Controle de Velocidade),
  • Painel com fundo branco,
  • Coluna de direção com regulagem de altura,
  • Ponteira do escapamento exclusiva,
  • Faróis de neblina dianteiros integrados aos faróis,
  • Luz/lanterna de neblina traseira,
  • Freios ABS com EBD e BAS,
  • Controle de Tração ASR,
  • Ar quente,
  • Luzes internas com temporizador e Dimmer,
  • Luz de leitura dianteira,
  • Limpador e lavador do vidro traseiro com desembaçador,
  • Brake Light,
  • Encosto de cabeça para todos os ocupantes,
  • Cinto de segurança traseiro de 3 pontos retrátil,
  • Trava elétrica das portas,
  • Retrovisores com controle elétrico,
  • Motor 1.9 8v de 125cv,
  • Grade Dianteira na cor prata e Retrovisores externos na cor do veículo.
  • Rodas aro 15 de liga-leve com desenho exclusivo,
  • Vidros elétricos nas 04 portas com função 01 toque,
  • Lanterna traseira bicolor (vermelha e transparente fumê nos piscas e ré),
  • Soleiras das portas cromadas,
  • Maçanetas externas com detalhe cromado.
Opcionais
  • Não há opcionais.

Modelos Especiais[editar | editar código-fonte]

Em 2001 a Mercedes-Benz do Brasil lançou um terceiro modelo para o Classe A. O modelo em questão era o Classic Spirit!

Fase 01

O Classic Spirit de 2001 foi lançado na Base do A160 de 1.6L 8v 101cv, e somente na cor Preta e Prata.

Os equipamentos de série eram os mesmos do Classic C-2 (vide acima), porém vinha equipado com as lanternas traseiras do ELEGANCE (vermelhas com transparente), soleiras das portas em metal, manopla do cambio com detalhe em preto, e ponteira do escapamento esportiva (que nada mais era a ponteira do AvantGarde, que ainda não havia sido lançado na época). Nota Importante: Vale a pena lembrar que o Classic Spirit de 2001 é um modelo raro! - E só foi disponibilizado com transmissão manual.

No final de 2001 já como modelo 2002, a Mercedes-Benz do Brasil lançou um "novo" Classic Spirit. Neste caso melhorado!

Fase 02

O Classic Spirit de 2002 foi um carro melhorado perante ao de 2001! Ele foi lançado na base do A190 de 1.9L 8v de 125cv, e também disponibilizado nas cores Preta e Prata.

Os equipamentos de série eram os mesmos do Classic C-2 (vide acima), porém vinha equipado com as lanternas traseiras do AvantGarde Europeu (Inteiras na cor vermelha), soleiras das portas em metal, painel com fundo branco, e ponteira do escapamento esportiva, e rodas de liga-leve com desenho exclusivo (A mesma da versão AvantGarde Européia). Nota Importante: O modelo Classic Spirit de 2002 teve mais carros produzidos, porém também é raro! - E só foi disponibilizado com transmissão manual.

Facelift[editar | editar código-fonte]

No final de 2004 já como modelo 2005, o Classe A ganhou uma repaginada em seu visual ganhando novos parachoques com molduras envolventes. No Classic essas molduras não eram pintadas, já nos modelos ELEGANCE e AvantGarde eles eram da cor do veículo e com um filete cromado, assim como os frisos laterais.

Lembrando também que desde o modelo 2004, o Classe A começou a vir equipado com indicadores de direção nos espelhos retrovisores, e não mais nos paralamas como nos modelos anteriores. Ficando esse espaço para a plaqueta de identificação do modelo.

W169 (Segunda geração)[editar | editar código-fonte]

Classe A W169 (Segunda geração)
2008 Mercedes-Benz A150 Classic SE 1.5 Front.jpg 2008 Mercedes-Benz W169 A150
Visão Geral
Produção 2004 - 2012
Fabricante Mercedes-Benz
Montagem Rastatt ,  Alemanha

Thonburi ,  Tailândia

Modelo
Carroceria Monovolume
Modelos relacionados Mercedes-Benz Classe B
Dimensões
Comprimento 3.838 mm (2004)

3.883 mm (2008)

Entre-eixos 2.568 mm
Largura 1.764 mm
Altura 1.593 mm
Cronologia
W168
W176

Assistência de condução[editar | editar código-fonte]

O carro foi concebido de acordo com a Mercedes-Benz, conceito de "Touch and feel '(TAF).

O multi-funções volante coloca controles para a rádio, telefone, e outros sistemas convenientemente ao alcance dos polegares do motorista. Power direcção (característica normal) de controlo das ajudas do automóvel, com o seu comportamento variando de acordo com a velocidade do veículo.

A Mercedes COMAND APS é um sistema de navegação que fornece instruções via GPS. A unidade também oferece rádio DVD e telefone funcionalidade, com várias versões disponíveis (padrão Audio 20 rádio / CD único, ou COMAND Audio 50 APS APS).

O Parktronic fornece sistema de áudio e de sinais visuais para indicar a forma como o carro está longe de um obstáculo.

A classe A-opcionalmente inclui um "Light & Visão" pacote que inclui HID faróis bi-xénon s com lâmpadas de descarga de gás; viragem luzes (luzes de estrada em estrada cruzamentos e cantos apertados); "Faróis Assist, que liga-se automaticamente quando as luzes necessárias; e um chuva sensor que ajusta wiper velocidade em função da precipitação intensidade.

Tal como uma característica normal, quando introduziu um túnel ou de uma garagem subterrânea o carro vai para "Modo de túnel", onde todas as janelas panorâmicas e ao deslizamento do teto-solar são fechados.

Controle de temperatura[editar | editar código-fonte]

A norma tem sistema de controle de temperatura distintas configurações de temperatura para motorista e passageiro dianteiro lados, e inclui um "Booster Aquecedor System" que pode inundar o interior do carro com ar quente.

O sistema opcional Themotronic mantém e regula a temperatura, de acordo com um conjunto de Sensores que medem a temperatura, luz solar, umidade e níveis poluentes no ar ambiente.

Segurança[editar | editar código-fonte]

Desencadeada pela "alce teste" falha, na qual precoce Classe A produção automóveis causado um único veículo de acidente, ao abrigo do mundo real para evitar manobras, uma série de melhorias foram feitas no modelo W169.

A maior foi a imediata fitment de um recém-inventado dispositivo, Controlo Eletrônico de Estabilidade. Para preservar a sua reputação danificada de segurança em automóveis e Engenharia, Mercedes-Benz retrofits cada Classe A já produzidos com ESP.

O carro é construído com ligas de aço de alta resistência com coladas juntas. Ele tem um grande número de airbag s incluindo os airbags laterais traseiros opcionais (para a lateral-impactos na backseats), opcional airbags laterais de cortina, cabeça e tórax e do padrão de protecção de airbags laterais. Os airbags frontais são adaptáveis em duas fases gases geradores de funcionamento em função da gravidade do acidente.

A força exercida pelo sistema de cinto de segurança durante a colisão adapta dinamicamente dependendo das características colisão. O "ativo" cabeça (padrão para motorista e passageiro dianteiro) dar maior protecção do pescoço de lesão, especialmente durante colisões traseiras.

O espaço para os passageiros[editar | editar código-fonte]

Capacidade de carga de W169 foi aumentado em 15 por cento em comparação com o W168. Os assentos podem ser deslocados e configurados de diversas formas:

  • EASY-ENTRY: Assentos de frente a frente com encosto dobrado em frente a dar aos assentos traseiros e seus passageiros mais espaço para se colocar dentro e fora. (padrão em três portas).
  • EASY-VARIO: Tanto banco traseiro-almofada seções estão dobradas em frente, enquanto a bagagem compartimento piso pode ser definido para uma das duas alturas diferentes. (padrão em cinco-porta; facultativo em três portas).
  • EASY-VARIO-PLUS: Tanto assento traseiro de almofada e banco do passageiro da frente são dobrados para a frente. Aumenta a capacidade de carga tanto como 1995 litros. (opcional com cinco portas).

Sistema de motor e direção[editar | editar código-fonte]

Estão disponíveis sete tipos de motores, dentre eles: três movidos a [[Diesel] (A150Cdi, A170Cdi, A200Cdi) e quatro a [gasolina] (A140, A160, A180, A200), sendo todos os quatro-cilindros e câmbios com 5 ou 6 marchas. O sistema de transmissão continuamente variável (CVT)[1] [2] é opcional.

A fileira traseira de assentos e banco da frente do passageiro podem ser dobrados, aumentando a capacidade de carga para até 1995 litros. (opcional com cinco portas).

A gasolina A200 Turbo Auto prevê ((hp | 193 | 0)) ((e Auto Nm | 280 | 0)) de binário (rotação vigor); o diesel A200 CDI tem ((Auto hp | 140 | 0 )) ((E Auto Nm | 300 | 0)).

Estima-se que o W169 motores proporcionar um aumento de 40% na potência e uma diminuição de 10% do consumo de combustível comparado ao W168 motores.

O mais poderoso modelo pode ter o carro a partir de um statu quo de ((Auto km / h | 100 | 0)) em 8,0 segundos, e tem uma velocidade máxima de ((Auto km / h | 227 | 0)).

A recém-desenvolvida CDI diesel de injecção directa common-unidades usar um sistema ferroviário injecção directa que melhora o consumo de combustível e reduz as emissões de escape e de ruído níveis.

Todos os motores satisfazem os apertados limites de emissões EU4. Um sistema de filtros de partículas está disponível como uma opção para o diesel unidades que reduz as emissões de partículas em cerca de 99% sem a necessidade de aditivos.

O A-Class é um front wheel drive carro e as características controlo de tracção (ASR) como padrão, bem como o controlo electrónico de estabilidade e de travões anti-bloqueio (ABS).

Manuseio é melhorar a precisão de localização e de anti-roll apoio, e por um Parabolic eixo traseiro.

A "Seletiva amortecimento System", na qual o amortecedor forças respondem de maneira diferente, de acordo com as condições, é normal. Por exemplo, em condições normais, funciona em soft absorção; viragem ao mesmo tempo em que ela mude a velocidade amortecimento pleno vigor.

O W169 opcionalmente vem com rodas liga-leve, com uma característica run-flat, Tirefit pneu selante e um pneu de perda de pressão avisador sonoro.

Produção[editar | editar código-fonte]

As vendas do W169 foram orientados para 50000 unidades em 2004. Dr. Joachim Schmidt, Vice President Executivo de Vendas e Marketing, Mercedes Car Group, disse que o alvo tinha sido atingido antes mesmo de veículos chegaram em showrooms revendedor.

DaimlerChrysler investiu 900 milhões de euros no desenvolvimento do Rastatt planta onde a classe A-é produzido, e criados 1600 novos postos de trabalho (para um total de 4700). Um outro 600 pessoas sobre o trabalho industrial na fábrica local.

W176 (Terceira geração)[editar | editar código-fonte]

Classe A W176 (Terceira geração)
Mercedes-Benz A 200 AMG Line (W 176) – Frontansicht, 25. Mai 2013, Hilden.jpg 2013 Mercedes-Benz W176
Visão Geral
Produção 2013 - 2018
Fabricante Mercedes-Benz
Modelo
Carroceria Hatchback
Modelos relacionados Mercedes-Benz Classe B
BMW Série 1, Audi A3
Dimensões
Comprimento 4.292 mm
Entre-eixos 2.700 mm
Largura 1.780 mm
Altura 1.433 mm
Cronologia
W169
W177

A versão de produção da terceira geração de veículos Classe A foi baseada no Classe A Concept (2011), e foi apresentada no Salão de Genebra de Genebra de 2012. Tem um design totalmente diferente e maior do que as duas gerações anteriores de o Classe A, com um comprimento total de 4.292 mm, tornando-o um carro de família pequeno completo pela primeira vez.

Os veículos estavam disponíveis em alguns mercados a partir de setembro de 2012. Os modelos do Japão começaram a ser vendidos em janeiro de 2013.

A terceira geração Classe A foi projetada para ser uma concorrente direta do BMW Série 1 e do Audi A3. Destina-se a ser mais dinâmico do que seu antecessor e é focado em proprietários mais jovens.


Conceito Classe A (2011)[editar | editar código-fonte]

O Concept A-Class é um carro conceito de 3 portas que visualizou o design da terceira geração da Classe A e foi apresentado no Salão de Nova York de 2011. [3]

Ele incluía o motor a gasolina M270 de quatro cilindros avaliado em 211 PS (155 kW; 208 hp), sistema de aviso de colisão por radar com auxílio de freio adaptável e linguagem de design exterior do conceito F800 da Mercedes-Benz.

Modelos[editar | editar código-fonte]

Pacote de escolas de condução (2012–)[editar | editar código-fonte]

Projetado para o programa RoadSense alemão, o pacote básico da escola de condução inclui a adaptação do cockpit para acomodar os dois conjuntos de pedais, um interruptor de controle no console central para iluminação dos pés do motorista e sinal de aviso para os conjuntos de pedais, espelhos retrovisores duplos, o pacote Light and Sight e o pacote Seat Comfort. O pacote também faz parte do modelo especial "toBE" da Classe A, com entregas a partir de janeiro de 2013.

A 45 AMG (2013-2018)[editar | editar código-fonte]

O A 45 AMG é uma versão de desempenho da classe A, equipada com um motor turbo de quatro cilindros em linha e 2 litros, avaliado em 381 PS (280 kW; 376 hp) a 6000 rpm e 475 N⋅m a 2250-5000 rpm, transmissão esportiva AMG Speedshift DCT de 7 velocidades com modo M momentâneo, tração nas 4 rodasTIC, tração em quatro rodas, ESP de 3 estágios com ESP Curve Dynamic Assist e modo "ESP Sport Handling", suspensão esportiva AMG com frente desenvolvida e eixos traseiros, sistema de freios de alto desempenho com discos de freio dianteiro de 350 x 32 milímetros e discos de freio traseiro de 330 x 22 milímetros, e é identificável pela grade do radiador "twin blade", rodas de liga leve AMG com design de raio duplo e duas rodas quadradas tubos de escape cromados.

Com 381 cv, o A 45 e seus veículos de derivação, CLA 45 e GLA 45, têm a maior produção específica por litro de 187,5 cavalos por litro para um motor de quatro cilindros no automóvel de passageiros em setembro 2017. O Bugatti Chiron tem a mesma saída específica que A 45. [4]

O veículo foi originalmente anunciado para ser apresentado no primeiro trimestre de 2013, [5] e mais tarde foi apresentado no Salão Automóvel de Genebra. A data de lançamento das vendas foi definida para 8 de abril de 2013, com o lançamento no mercado alemão em junho de 2013. [6]

Mercedes-AMG A 45 4MATIC
Mercedes-Benz A 45 AMG





Produção[editar | editar código-fonte]

A produção da classe A começou na fábrica da Mercedes-Benz Rastatt em 2012. [7]

A Mercedes-Benz assinou um acordo com o fornecedor finlandês Valmet Automotive para expandir a produção de veículos de Classe A, onde a Valmet produzirá mais de 100.000 unidades para a Daimler de 2013 a 2016, o contrato foi posteriormente continuado para cobrir o restante do tempo de produção do veículo. terceira versão que terminou quando a produção da quarta versão começou em 2018. Em 2017, a Mercedes-Benz assinou um novo contrato com o fornecedor finlandês para a quarta versão. [8]

A produção dos motores BlueDirect de 4 cilindros da série A ocorreu na fábrica de motores Mercedes-Benz em Kölleda.


W177 (Quarta geração)[editar | editar código-fonte]

Classe A W177 (Quarta geração)
2018 Mercedes-Benz A200 AMG Line Premium+ 1.3 Front.jpg
Visão Geral
Produção 2018 – presente
Fabricante Mercedes-Benz
Montagem Germany: Rastatt
China: Beijing (LWB)
Finland: Uusikaupunki
Hungary: Kecskemét
Mexico: Aguascalientes
Modelo
Classe Médio
Ficha técnica
Motor 1.3 L M282 I4 turbo (gasolina)

1.3 L M282 I4 turbo (gasolina; PHEV)
1,5 L OM608 I4 turbo (diesel)
2.0 L M260 I4 turbo (gasolina)
2.0 L M139 I4 turbo (gasolina)
2.0 L OM654 I4 turbo (diesel)

Layout Motor dianteiro, tração dianteira
Motor dianteiro, com tração às quatro rodas (4MATIC)
Dimensões
Comprimento 4.419 mm (W177)
4.549 mm (V177)
4.622 mm (Z177)
Entre-eixos 2.729 mm

2.789 mm (Z177)

Largura 1.796 mm
Altura 1.440 mm (W177)

1.454 mm (Z177)

Peso 1.300–1.445 kg
Cronologia
W176

O Mercedes-Benz Classe A (W177) é a quarta e atual geração da gama Classe A de subcompactos hatchbacks executivos. Foi lançado em 2018 como o sucessor do W176 Mercedes-Benz Classe A e as vendas começaram em março de 2018. Está disponível:

  • hatchback de 5 portas (W177)
  • sedã de 4 portas (V177)
  • sedã de longa distância entre eixos exclusivo para a China (Z177).

A quarta geração do hatchback classe A foi revelada à mídia em fevereiro de 2018, em Amsterdã, antes de sua estreia pública no Salão Automóvel de Genebra de 2018. No lançamento, a Mercedes-Benz revelou que o "rosto de predador" do veículo, que também é implementado nos C257 CLS e C118 CLA, não se espalhará por toda a gama de carros da marca.

Carroceria[editar | editar código-fonte]

Sedan (V177) e (Z177 LWB)

Um modelo de sedã de 4 portas foi lançado no final de 2018. O sedã Classe A é vendido ao lado do hatchback Classe A.

Ele é baseado no Mercedes-Benz Concept A Sedan revelado no Salão Automóvel de Xangai de 2017 e veio em resposta à demanda por uma alternativa mais prática à Classe CLA da Mercedes-Benz. Um modelo de sedã com distância entre eixos longa (Z177) também foi apresentado no Auto China Show 2018, com uma distância entre eixos de 60 mm mais longa e é vendido exclusivamente na China.



Vendas[editar | editar código-fonte]

Ano Brasil
2008[9] 5
2009[10] 7
2010[11] 2
2012[12] 1
2013[13] 1.430
2014[14] 2.212
2015[15] 1.588
2016[16] 728
2017[17] 996
2018[18] 232
2019[19] 1.329


Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Mercedes-Benz A160 CDI, em inglês, acesso em 20 de outubro de 2013.
  2. 50 years of automatic transmissions from Mercedes-Benz Arquivado em 3 de março de 2016, no Wayback Machine., em inglês, acesso em 20 de outubro de 2013.
  3. «Mercedes-Benz Concept A-Class hatches ahead of New York and Shanghai». Autoblog (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2019 
  4. Woodard, Collin; Silvestro, Brian (19 de setembro de 2017). «14 New Cars That Make Crazy Horsepower Per Liter». Road & Track (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2019 
  5. «AMG vehicles pose for family portrait to celebrate 45-year anniversary, tease future». Autoblog (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2019 
  6. «Mercedes-Benz A45 AMG is Affalterbach's first big leap into the little pond». Autoblog (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2019 
  7. «Mercedes A-Class enters production, utility variant confirmed». Autoblog (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2019 
  8. «Mercedes-Benz taps Valmet to build new A-Class». Autoblog (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2019 
  9. «Emplacamentos de hatches médios em 2008». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  10. «Emplacamentos de hatches médios em 2009». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  11. «Emplacamentos de hatches médios em 2010». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  12. «Emplacamentos de hatches médios em 2012». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  13. «Emplacamentos de hatches médios em 2013». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  14. «Emplacamentos de hatches médios em 2014». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  15. «Emplacamentos de hatches médios em 2015». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  16. «Emplacamentos de hatches médios em 2016». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  17. «Emplacamentos de hatches médios em 2017». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  18. «Emplacamentos de hatches médios em 2018». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  19. «Emplacamentos de hatches médios em 2019». AUTOO. 1 de janeiro de 2016. Consultado em 11 de janeiro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mercedes-Benz Classe A