Milton Kenan Júnior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Milton Kenan Júnior
Bispo da Igreja Católica
Bispo Diocesano de Barretos

Título

Bispo de Barretos
Hierarquia
Papa Francisco
Arcebispo metropolita Moacir Silva
Atividade Eclesiástica
Diocese Diocese de Barretos
Nomeação 5 de novembro de 2014
Entrada solene 21 de dezembro de 2014
Predecessor Dom Edmilson Amador Caetano, O.Cist.
Mandato 2014 -
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 5 de setembro de 1987
por Dom Luiz Eugênio Perez
Nomeação episcopal 28 de outubro de 2009
Ordenação episcopal 27 de dezembro de 2009
Jaboticabal
por Dom Odilo Pedro Cardeal Scherer
Lema episcopal IN MANUS TUAS
Em tuas mãos
Brasão episcopal
BishopCoA PioM.svg
Dados pessoais
Nascimento Taiúva, SP
24 de novembro de 1963 (53 anos)
Nacionalidade brasileiro
Funções exercidas bispo-auxiliar da Arquidiocese de São Paulo (2009-2014)
dados em catholic-hierarchy.org
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Dom Milton Kenan Júnior (Taiúva, 24 de novembro de 1963) é um bispo católico brasileiro. É o bispo diocesano de Barretos.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho do casal Milton e Maria José Rossetti Kenan, Dom Milton fez os primeiros estudos em sua terra natal, Taiúva, interior de São Paulo. Obteve o Bacharelado em Filosofia no Centro de Estudos da Arquidiocese de Ribeirão Preto, em 1982, e o Bacharelado em Teologia na Pontifícia Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção, de São Paulo, em 1986.

Sua ordenação sacerdotal ocorreu aos 5 de setembro de 1987, sendo ordenado pelo bispo Dom Luiz Eugênio Perez. Foi Vigário Paroquial nas Paróquias de São João Batista e Nossa Senhora Aparecida, na cidade de Bebedouro, no período de 1987 a 1995.

Em 1997 concluiu o Mestrado em Teologia da Espiritualidade na Pontifícia Faculdade de Espiritualidade Teresianum, em Roma. Retornando ao Brasil, foi vigário na Paróquia de São Benedito, de dezembro de 1997 a maio de 2001.

Como sacerdote, ocupou diversos cargos, como: Vice-Presidente da Comissão Regional de Presbíteros, regional Sul 1 da CNBB, de 1990 a 1994; foi Membro da Equipe de Formação do Seminário (Diretor Espiritual), de 2004 a 2007; coordenador do Setor Pastoral de Bebedouro, de 1988 a 1995; membro do Conselho de Presbíteros e Colégio de Consultores nos períodos de 1988 a 1994; de 1997 a 2001 e de 2007 até 2009.

Foi professor de Teologia no Centro de Estudos da Arquidiocese de Ribeirão Preto, entre os anos de 1998 a 1999; diretor e Professor no Instituto de Filosofia e Teologia Nossa Senhora do Carmo, em Jaboticabal, do ano 2000 a 2004; coordenador de Pastoral e Vigário Episcopal da Diocese de Jaboticabal, de dezembro de 1998 a dezembro de 2001 e reconduzido à função de Coordenador Diocesano de Pastoral de julho de 2007.

De maio de 2001 a janeiro de 2008 foi Pároco da Catedral Diocesana de Nossa Senhora do Carmo, na cidade de Jaboticabal e pároco da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, na cidade de Bebedouro, de fevereiro de 2008 até outubro de 2009.

No dia 28 de outubro de 2009, o Papa Bento XVI o nomeou para bispo-auxiliar da Arquidiocese de São Paulo, com a sede titular: Aque di Bizacena, sendo ordenado no dia 27 de dezembro de 2009, na cidade de Jaboticabal, por Dom Odilo Scherer. Dom Milton escolheu como lema de vida episcopal: IN MANUS TUAS! (Em tuas mãos!)

No dia 25 de janeiro de 2010, Dom Milton foi apresentado a Arquidiocese de São Paulo, já no dia 6 de fevereiro tomou posse como bispo-auxiliar da Região Episcopal Brasilândia iniciando o seu trabalho pastoral.

Aos 25 de junho de 2011 teve seu nome divulgado como membro da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato da CNBB[1].

Em 05 de novembro de 2014 foi nomeado bispo para a Diocese de Barretos, sucedendo o atual bispo de Guarulhos.

Referências

  1. [1], Divulgados os nomes dos eleitos para as Comissões Episcopais Pastorais da CNBB, 25.06.2011
Ícone de esboço Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.