Mongkut

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mongkut
Rama IV
Rei do Sião
Reinado 2 de abril de 1851
a 1 de outubro de 1868
Coroação 15 de maio de 1851
Predecessor Nangklao
Sucessor Chulalongkorn
Vice-Rei Pinklao (1851–1866)
 
Esposas Somanass Waddhanawathy
Debsirindra
Phannarai
Descendência Somdet Chaofa Somanass
Chulalongkorn
Chandornmondon
Chaturonrasmi
Bhanurangsi Savangwongse
Kannikakaew Kattiyakalaya
Narisara Nuwattiwong
Casa Chakri
Nome completo
Phra Bat Somdet Phra Poramenthra Maha Mongkut Phra Chom Klao Chao Yu Hua
Nascimento 18 de outubro de 1804
  Palácio de Thonburi, Bangkok, Sião
Morte 1 de outubro de 1868 (63 anos)
  Grande Palácio, Bangkok, Sião
Pai Buddha Loetla Nabhalai
Mãe Sri Suriyendra
Assinatura Assinatura de Mongkut

Phra Bat Somdet Phra Poramenthra Maha Mongkut Phra Chom Klao Chao Yu Hua (tailandês: พระบาทสมเด็จพระปรเมนทรมหามงกุฎ พระจอมเกล้าเจ้าอยู่หัว; Bangkok, 18 de outubro de 1804Bangkok, 1 de outubro de 1868), oficialmente Rama IV ou simplesmente Mongkut, foi o Rei do Sião de 1851 até sua morte.

Primeiros Anos[editar | editar código-fonte]

Mongkut era filho do então príncipe Isarasundhorn. Ele foi mais tarde se juntou o irmão príncipe Chutamani, que nasceu em 1808. Em 1809, seu pai foi coroado como Buddha Loetla Nabhalai. Mongkut tinha nove anos na época em que todos eles se mudaram para o Grande Palácio.

Vida monástica e seita Thammayut[editar | editar código-fonte]

Em 1824, aos 20 anos, Mongkut se tornou um monge budista, segundo a tradição siamesa (que os homens com 20 anos deve se tornar monges), com o nome de ordenação Vajirañāṇo. No entanto, no mesmo ano, seu pai Buda Loetla Nabhalai morreu. De acordo com as tradições seguidas, Mongkut deveria ser coroado o próximo rei. No entanto a nobreza colocou o influente príncipe Jessadabodindra, seu meio-irmão, no trono. Percebendo a situação era irremediável, Mongkut optou por ficar na sua condição monástica para evitar intrigas políticas.

Mongkut se tornou um dos membros da família real que dedicou sua vida à religião. Ele viajou por todo o país como um monge e viu a flexibilização das regras de Pali Canon entre os monges siameses - que ele considerava inadequado. Em 1829, em Phetchaburi, ele conheceu um monge chamado Buddhawangso que seguia rigorosamente os cânones. Vajirayan Buddhawangso ficou admirado com sua obediência ao cânone, e isso inspirou-o a prosseguir as suas reformas religiosas.

O monge, então, estabeleceu a Vajirayan Nikaya Thammayut ou seita Thammayut em 1833. A nova seita reforçou o direito canônico. A seita Thammayut ganhou reconhecimento real em 1902 pelo filho de Mongkut de Chulalongkorn (através dos Atos de politica Eclesiástica) e tornou-se uma das duas principais denominações budistas na Tailândia moderna. Em 1836, ele se tornou o primeiro abade do Wat Bowonniwet, que é patrocinado pela família real. Durante seu tempo como um monge, Bhikkhu Vajirañāṇo descobriu conhecimento ocidental, estudando Latim, Inglês, astronomia com os missionários e marinheiros.

O Rei Mongkut mais tarde seria conhecido pelo seu excelente comando de Inglês, embora há quem diga que o seu irmão mais novo, Vice-Rei Pinklao, poderia fala-lo ainda melhor.

Reinado[editar | editar código-fonte]

Relatos variam sobre as intenções de Jessadabodindra a respeito da sucessão. É registrado que Jessadabodindra havia "demitido" verbalmente os príncipes reais da sucessão, por várias razões;o príncipe Mongkut foi demitido por incentivar os monges a se vestir no estilo seg.

Alguns disseram que, no entanto, Jessadabodindra desejava que o trono fosse passado para seu filho, o príncipe Annop, e que a este deu seu bracelete que havia sido transmitido de Buda Yodfa Chulaloke para o príncipe.

O Príncipe Mongkut foi efectivamente apoiado por um pró-britânico, Dis Bunnak, o Kalahom Samuha, ou o presidente do Departamento das Forças Armadas, os mais poderosos nobres do reinado de Rama III. Bunnak enviou seus homens para realizar a cerimônia deixando o estatuto de monge para o Príncipe Mongkut, mesmo antes da morte de Jessadabodindra. Com o apoio da nobreza poderosa, a ascensão Mongkut ao trono foi assegurada.

Após vinte e sete anos de peregrinação, o rei Mongkut ascendeu ao trono em 1851, aos 47 anos. Ele tomou o nome de Phra Chom Klao, embora os estrangeiros continuassem a chamá-lo de Rei Mongkut. O rei era conhecido entre os estrangeiros em particular alguns oficiais britânicos, como pró-britânico. Sir James Brooke, numa delegação britânica, ainda elogiou "o nosso próprio rei", e mostrou seu apoio a ele como novo rei do Sião.

Sua consciência da ameaça que representavam o poder imperial britânico e francês, levou-o a muitas atividades inovadoras. Ele ordenou a nobreza a vestir camisas enquanto estavam em sua corte, que foi para mostrar que Sião já não era mais bárbaro do ponto de vista ocidental.

Após a coroação, Mongkut se casou com sua primeira esposa, a rainha Somanat. No entanto, a rainha Somanat morreu no mesmo ano. Ele então se casou com sua meia-sobrinha-neta,Chao Rampoei Siriwongse, mais tarde Rainha Debsirindra.

Precedido por
Nangklao
Rei da Tailândia - Rama IV
1851 - 1868
Sucedido por
Chulalongkorn
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mongkut
Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.