Morte do ego

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Morte do ego é uma experiência que supostamente revela o aspecto ilusório do ego, às vezes sofridas pelos psiconautas, místicos, xamãs, monges, psicólogos e outros interessados em explorar as profundezas da mente.

Uma das fortes sensações que ocorrem em experiências místicas alucinógenas pode ser também entendida como "morte do ego", porém, distinta dos ensinamentos tradicionais sobre a iluminação (Nirvana, no Budismo, ou Moksha, no Jainismo). Várias drogas psicodélicas podem induzir esse estado, tais como o LSD, a Salvia divinorum, a dimetiltriptamina, a psilocibina, a 2C-B e o cloridrato de cetamina.

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.