Moto Maxx

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Moto Maxx
Mmaxx.jpg
Motorola Moto Maxx
Fabricante Motorola Mobility
Tipo Smartphone
Operadora(s) Todas as operadoras
Lançamento 5 de novembro de 2014
Preço inicial (em R$) R$ 2,200
Ecrã 5.2, 1440 x 2560 pixel
565 ppi de densidade de pixel
OLED Capacitiva
16 milhões de cores
Corning Gorilla Glass
Câmara 21 Mp (5248 x 3936 pixel)
Dual Flash

Video 4K (2160p)
24 fps
Segunda câmara Fotos 2 Mp
Video Full HD, 30fps
Sistema operativo Android 4.4.4 KitKat
CPU Qualcomm APQ8084 Snapdragon 805
GPU Adreno 420
Memória Ram 3 GB
Cartão de memória sem slot para cartão MicroSD
Armazenamento 64 GB
Rede LTE 4G
Conectividade Wifi: 802.11 a/b/g/n/ac
Bluetooth: 4.0 com LE/EDR/A2DP
GPS: A-GPS/GLONASS
IRDA, USB, NFC
Bateria Tipo Litio
Ampere: 3900 Mah
Dimensões 143.5 x 73.3 x 11.2 mm
Peso 176 gramas
Relacionado Moto X (2ª Geração), Moto G (2ª Geração), Moto E

Moto Maxx é um smartphone Android que foi desenvolvido e fabricado pela Motorola Mobility. No mercado estadunidense é chamado de Droid Turbo e faz parte da linha Verizon Droid, sendo lançado em 28 de outubro de 2014.[1] Moto Maxx mantém um desenho de forma semelhante ao da linha Droid, lançada nos Estados Unidos. O aparelho possui alguns elementos que remetem de volta à linha Razr. Possui também traseira com nylon balístico durável reforçado com Kevlar metalizado. Os botões de voltar, inicial e multitarefas foram mantidos fora da tela, sendo assim são botões capacitivos, um pouco abaixo do visor.[2]

Foi lançado no mercado brasileiro em 5 de novembro de 2014.[3]

Especificações[editar | editar código-fonte]

Hardware[editar | editar código-fonte]

Moto Maxx conta com um chipset Qualcomm Snapdragon 805 e a CPU quad-core Krait 450 de 2,7 GHz. GPU é a Adreno 420. Uma tela de 5,2 polegadas, com resolução de 2560x1440 pixels, em Quad HD, apoiada por uma bateria de 3.900 mAh. Há 64 GB de espaço disponível para armazenamento. Porém, não há compatibilidade com cartão micro SD.

Software[editar | editar código-fonte]

Como de tradição da nova geração de aparelhos da Motorola, a empresa opta por uma versão próxima do Android puro, com pouquíssimas alterações. Chegou ao mercado brasileiro com o Android 4.4.4 KitKat e atualização garantida para o Android 5.0.2 Lollipop. Depois de muita espera e toda a família Motorola receber o Android Marshmallow, finalmente o Moto Maxx recebeu o Android 6.0.1 Marshmallow.[4] As chamadas “funções especiais” da Motorola estão presentes, assim como no Novo Moto X. A porta de entrada para essas novidades é o app “Moto”.[5]

Referências

  1. «DROID TURBO in Ballistic Nylon». Verizon. Outubro de 2014. Consultado em 19 de dezembro de 2014 
  2. Danilo Amoroso (novembro de 2014). «Analise - Motorola Moto Maxx». TecMundo. Consultado em 19 de dezembro de 2014 
  3. Mobile Xpert (5 de novembro de 2014). «Motorola Moto Maxx é lançado no Brasil como nova opção top de linha». Yahoo Noticias. Consultado em 19 de dezembro de 2014 
  4. «Atualização do software para o Moto Maxx - Android™ 6.0.1 Marshmallow». Portal Global da Motorola. Consultado em 15 de julho de 2016 
  5. Paulo Higa (5 de novembro de 2014). «Moto Maxx: a volta da bateria gigante nos smartphones da Motorola». Tecnoblog. Consultado em 19 de dezembro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]