Android Marshmallow

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Android Marshmallow
Versão do sistema operativo Android
Captura de tela
Tela inicial do Android Marshmallow
Produção Google
Modelo Open Source
Lançamento 5 de Outubro de 2015
Versão estável 6.0.1
Método de atualização OTA
Arquitetura(s) ARM, x64, x86
Gestão de pacotes APK
Núcleo Linux (núcleo)
Interface Material Design
Licença Licença Apache 2.0, GNU General Public License para as modificações do kernel Linux
Página oficial Website oficial
Estado de desenvolvimento
Finalizado, com suporte da empresa e comunidade.
Cronologia
Android 5.1.1 "Lollipop"
Android 7.0 "Nougat"

Android Marshmallow[1] é a 6ª versão principal do sistema operacional Android, primeiramente revelado na Google I/O em 28 de maio de 2015, o Android Marshmallow incidirá essencialmente sobre melhorias incrementais e outras adições de recursos.

História[editar | editar código-fonte]

O "Android M Developer Preview" foi lançado no dia 28 de maio de 2015, para os smartphones Nexus 5 e Nexus 6, o tablet Nexus 9, e o set-top box Nexus Player.[2][3] A terceira prévia foi lançado no dia 17 de agosto de 2015 para os mesmos aparelhos Nexus   [4] que trouxe correções relacionadas aos perfis do Android for Work.[5]

Características[editar | editar código-fonte]

Experiência do usuário[editar | editar código-fonte]

O Android Marshmallow introduz um modelo de permissão redesenhado: agora existem apenas oito categorias de permissão, e as aplicações não são mais concedidas automaticamente, todas as suas permissões são especificadas no momento da instalação. Um sistema opt-in é usado agora, em que os usuários são solicitados para conceder ou negar permissões individuais (como a capacidade de acessar a câmera ou microfone) para um aplicativo quando eles são necessários. O Android agora lembra as permissões concedidas a cada pedido, que pode ser ajustado pelo usuário a qualquer momento.[6] O novo modelo de permissão será utilizado apenas por aplicações compiladas para o Android Marshmallow usando um software development kit (SDK) [kit de software para desenvolvedores], enquanto todas as outras aplicações terão que continuar a utilizar o modelo de permissões anterior.[2][7]

Plataforma[editar | editar código-fonte]

O Android Marshmallow agora possui um esquema de gerenciamento de energia chamado Doze que reduz o nível de atividade das aplicações em segundo plano quando o dispositivo determina que ele não está sendo utilizado pelo usuário, que, de acordo com a Google, dobra a vida da bateria do dispositivo.[8] Também introduz uma opção para redefinir todas as configurações de rede, disponível pela primeira vez no Android, que limpa as configurações relacionadas às rede Wi-Fi, Bluetooth e conexão móvel (3G/4G).[9]

O Android Marshmallow oferece suporte nativo para reconhecimento de impressões digitais, permitindo o uso das impressões para desbloquear o dispositivo e fazer autenticação de pagamentos através do Play Store e Android Pay ; uma API padrão também está disponível para implementação da autenticação baseada nas impressões digitais em outras aplicações. Agora o Android suporta as configurações do USB-C, incluindo a capacidade de carregar outros dispositivos pelo porta USB, também introduz um novo "verificador de links" que pode ser configurado para abrir diretamente aplicativos específicos sem ter de utilizar o comando dos usuários.[2][7]

A versão do API do Android fornecido pelo Marshmallow é a 23.[10] As ferramentas de desenvolvedores do Android Marshmallow estão disponíveis no SDK Manager na categoria API "MNC".[carece de fontes?]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem o portal:

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Android M's name is Marshmallow». The Verge. Vox Media. Consultado em 17 de agosto de 2015. 
  2. a b c Chester, Brandon. «Google Announces Android M At Google I/O 2015». Anandtech. Purch, Inc. Consultado em 28 de maio de 2015. 
  3. «Google's Android M preview build will run on the Nexus 5, 6, 9, and Player [Updated]». Ars Technica. Condé Nast. Consultado em 28 de maio de 2015. 
  4. «Downloads Android Developers». 17 de agosto de 2015 
  5. «Support and Release Notes | Android Developers». developer.android.com. Consultado em 22 de agosto de 2015. 
  6. «Android M Overview - Permissions». Android Developer. Google. Consultado em 2 de setembro de 2015. 
  7. a b «Google announces Android M, available later this year». The Verge. Vox Media. Consultado em 28 de maio de 2015. 
  8. Android Marshmallow: Google reveals name of Android 6.0 Telegraph.co.uk Retrieved 18 August 2015.
  9. «Top 10 Android Marshmallow Features that we liked». Technos Amigos. Consultado em 22 de agosto de 2015. 
  10. «Google Play ready to accept apps using Android 6.0 Marshmallow's API 23». Android Authority. Consultado em 20 de agosto de 2015. 

Ligações extranas[editar | editar código-fonte]